Reforço Federal

Dino aciona PF para investigar assassinato de PM que investigava Milica no Rio de Janeiro

Flávio Dino determina colaboração da PF nas investigações do crime que vitimou Vaneza Lobão em Santa Cruz

megaloterias
Flávio Dino - Foto: Tom Costa / MJSP
lávio Dino - Foto: Tom Costa / MJSP

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, ordenou à Polícia Federal (PF) que participe ativamente nas investigações sobre a morte da policial militar Vaneza Lobão, ocorrida na noite de ontem, em Santa Cruz, na Zona Oeste do Rio de Janeiro.

Vaneza Lobão, de 31 anos, ocorrida na noite desta sexta-feira (24/11), na Rua Passo da Pátria, em Santa Cruz, Zona Oeste da Cidade do Rio.
Vaneza Lobão, de 31 anos foi morta na noite desta sexta-feira (24/11), na Rua Passo da Pátria, em Santa Cruz, Zona Oeste da Cidade do Rio – Reprodução

O que você precisa saber:

  • Flávio Dino determina colaboração da PF nas investigações da morte da policial Vaneza Lobão.
  • Vaneza era lotada na 8ª Delegacia de Polícia Judiciária Militar, atuando no setor de inteligência que investiga milícias e contravenção.
  • Governador do Rio, Cláudio Castro, lamenta a morte e aponta indícios de envolvimento de milicianos.
  • Polícia Militar prende miliciano durante diligências, mas ainda não confirma participação no assassinato.
  • Disque Denúncia oferece recompensa de R$ 5 mil por informações que levem à identificação dos suspeitos.
Disque Denúncia oferece recompensa de R$ 5 mil por informações que ajudem a identificar os assassinos de Vaneza Lobão — Foto: Divulgação
Disque Denúncia oferece recompensa de R$ 5 mil por informações que ajudem a identificar os assassinos de Vaneza Lobão — Foto: Divulgação

Entenda o Caso:

A policial Vaneza Lobão foi assassinada quando abria a garagem de sua casa, surpreendida por criminosos encapuzados e armados que estavam em um carro preto.

O governador Cláudio Castro ressaltou a possibilidade de envolvimento de milicianos, dada a atuação da policial na investigação desse tipo de crime.

Durante as diligências, a PM prendeu um miliciano, mas a conexão com o assassinato ainda não foi confirmada.

Arma apreendida com miliciano durante buscas aos criminosos que mataram a PM Vaneza Lobão — Foto: Divulgação
Arma apreendida com miliciano durante buscas aos criminosos que mataram a PM Vaneza Lobão — Foto: Divulgação

O ministro Flávio Dino expressou solidariedade à família da vítima e determinou à PF uma atuação efetiva nas investigações.

megaloterias
megaloterias