MST

Feira Estadual da Reforma Agrária: Alimentos Sustentáveis no Coração do Rio de Janeiro

A 15ª Edição da Feira Cicero Guedes, promovida pelo MST, traz produtos agroindustrializados e inovações da Economia Solidária

megaloterias
Programação conta com a participação de assentados e acampados do Espírito Santo, de São Paulo e de Minas Gerais - Divulgação
Programação conta com a participação de assentados e acampados do Espírito Santo, de São Paulo e de Minas Gerais - Divulgação

Na próxima semana, de segunda-feira (18) a quarta-feira (20), o Largo da Carioca, centro do Rio de Janeiro, será palco da 15ª Edição da Feira Estadual da Reforma Agrária Cicero Guedes. Organizado pelo Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), o evento contará com a participação de assentados, acampados de estados vizinhos e cooperativas nacionais, proporcionando à população carioca acesso a cerca de 45 toneladas de alimentos, entre in natura e agroindustrializados.

O evento, realizado pela Escola Estadual de Formação e Capacitação à Reforma Agrária (ESESF) Bernardo Marins Gomes, é patrocinado pela Secretaria Especial de Desenvolvimento Econômico e Solidário da cidade, respaldado pela Lei nº 5435/12. A feira, declarada Patrimônio Imaterial da Cidade em 2015, é parte essencial do calendário oficial do Rio de Janeiro, sendo realizada todo dezembro no Largo da Carioca.

O que você precisa saber:

  • A Feira Cicero Guedes, promovida pelo MST, chega à 15ª edição no Largo da Carioca, de 18 a 20 de dezembro.
  • Estimativa de acesso a 45 toneladas de alimentos entre in natura e agroindustrializados.
  • Organização a cargo da Escola Estadual de Formação e Capacitação à Reforma Agrária (ESESF) Bernardo Marins Gomes.
  • Patrocínio da Secretaria Especial de Desenvolvimento Econômico e Solidário da cidade, respaldado pela Lei nº 5435/12.

Diálogos da Terra e Atividades Culturais: Na segunda-feira (18), a Feira inicia com uma cantoria da Frente de Música João do Vale, seguida por Diálogos da Terra e atividades culturais. Destaque para o ato de abertura e celebração dos 40 anos do MST às 17h, seguido por mais atividades culturais às 19h.

Foco na Segurança Alimentar: Na terça-feira (19), destaque para o lançamento do Fórum Estadual por Terra, Território e Segurança Alimentar, seguido por rodas de conversa sobre “Comida de Verdade e Sem Veneno Direitos de Todos e Todas” com especialistas da Fiocruz e UERJ.

Luta e Conquistas do MST: A dirigente nacional do MST, Eró Silva, ressalta a importância da Feira e destaca as conquistas frente aos ataques da CPI no Congresso Nacional. A Feira é reconhecida como espaço de diálogo, acesso a alimentos saudáveis e debate sobre agroecologia e Reforma Agrária.

Programação Completa:

  • Segunda-feira (18): Cantoria, Diálogos da Terra, Atividade Cultural, Ato de Abertura e mais.
  • Terça-feira (19): Lançamento do Fórum, Atividade Cultural, Roda de Conversa sobre Segurança Alimentar e mais.
  • Quarta-feira (20): Oficina de Reflexologia, Atividade Cultural, Roda de Conversa sobre LGBTIFOBIA no Campo e Encerramento
megaloterias
megaloterias