Rio, Rio

Operação no Rio flagra deficiente dirigindo carro de aplicativo com cabo de vassoura

Em ação da Secretaria Municipal de Ordem Pública, cena inusitada revela condutor sem as duas pernas utilizando artifício improvisado para dirigir.

megaloterias
Homem foi multado e teve o carro rebocado após ser flagrado. Foto: Reprodução
Homem foi multado e teve o carro rebocado após ser flagrado. Foto: Reprodução

Durante uma recente operação de fiscalização realizada pela Secretaria Municipal de Ordem Pública no entorno da Rodoviária do Rio, agentes se depararam com uma situação surpreendente: um homem deficiente, desprovido das duas pernas, conduzindo um veículo utilizando um cabo de vassoura como meio de controle. O automóvel, destituído de adaptações para pessoas com deficiência, também apresentava a ausência da placa dianteira.

O que você precisa saber: Na ação de fiscalização, os policiais constataram que o condutor não possuía carteira de habilitação e fazia uso da conta de um aplicativo registrada em nome de um vizinho. Diante da irregularidade, o veículo foi multado e rebocado para o pátio da Prefeitura, situado em São Cristóvão, na Zona Norte do Rio. A medida busca garantir a segurança no trânsito e aplicar as normas vigentes.

Condução Improvisada e Ausência de Adaptações: A cena inusitada chama a atenção para a falta de adaptações necessárias no veículo, tornando clara a precariedade na condução do homem deficiente. A utilização de um cabo de vassoura como meio de controle ressalta a ausência de dispositivos adequados para sua locomoção, levantando questionamentos sobre a acessibilidade no trânsito.

Irregularidades Descobertas: A investigação revelou que o condutor não apenas enfrentava dificuldades físicas, mas também operava o veículo sem a devida autorização, utilizando a identidade de outra pessoa para burlar as regras de habilitação. A multa e o rebocamento do veículo demonstram a atuação rigorosa das autoridades em coibir práticas ilegais no trânsito

megaloterias
megaloterias