Abandono na Zona Oeste

Carro vira foco de pragas e desespera moradores do Camorim que dizem ser ignorados pela SEOP

Moradores relatam descaso com veículo abandonado há mais de um ano, tornando-se abrigo para pragas, enquanto apelos à Secretaria Municipal de Ordem Pública são ignorados

megaloterias
Abandono na Zona Oeste: Carro Vira Foco de Pragas e Desespera Moradores do Camorim
Abandono na Zona Oeste: Carro Vira Foco de Pragas e Desespera Moradores do Camorim

Há mais de um ano, um carro abandonado na Estrada do Camorim, em frente ao número 385, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, transformou-se em uma fonte de desespero para os moradores locais. O veículo, agora habitado por ratos, mosquitos e baratas, tornou-se um símbolo do descaso enfrentado pela comunidade. Os apelos à Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP) não foram atendidos, enquanto a emergência de saúde devido à Dengue acentua a gravidade da situação.

O que você precisa saber: Moradores do Bairro do Camorim, indignados com o abandono do veículo, denunciam o descaso com a Rua Camorim 385. O carro, com pneus arriados e visivelmente abandonado, transformou-se em um foco de pragas, representando riscos para a saúde pública em meio à crise de Dengue no Rio de Janeiro.

Abandono na Zona Oeste: Carro Vira Foco de Pragas e Desespera Moradores do Camorim
Abandono na Zona Oeste: Carro Vira Foco de Pragas e Desespera Moradores do Camorim

Apelos Ignorados: Mesmo após inúmeros contatos com a Secretaria Municipal de Ordem Pública (SEOP), os moradores afirmam que seus apelos foram ignorados. A situação é agravada pelo alerta de emergência de saúde, o que torna o combate aos focos do mosquito ainda mais crucial.

Resposta Insuficiente da Polícia Militar: Ao buscar auxílio da Polícia Militar, os moradores foram informados de que a intervenção só poderia ocorrer mediante solicitação direta da SEOP, reforçando a necessidade de ação imediata por parte do órgão municipal.

Cenário Crítico na Emergência de Dengue: Com o Rio de Janeiro enfrentando uma emergência de saúde devido à Dengue, a presença do veículo abandonado se torna ainda mais alarmante. O descaso com a remoção do carro compromete a segurança e o bem-estar dos moradores, expondo-os a riscos de doenças transmitidas por mosquitos.

megaloterias
megaloterias