Agora vai?

Bondes de Santa Teresa: obras de revitalização do sistema são iniciadas

Governo estadual inicia projeto que visa retomar trajeto original, beneficiando mais de 40 mil pessoas.

megaloterias
Obras de recuperação do sistema de bondes de Santa Teresa irá beneficiar mais de 40 mil pessoas. (Ernesto Carriço)
Obras de recuperação do sistema de bondes de Santa Teresa irá beneficiar mais de 40 mil pessoas. (Ernesto Carriço)

Neste sábado (25/11), a Secretaria de Estado de Transporte e Mobilidade Urbana (Setram) e a Central Logística iniciaram as obras de revitalização do sistema de bondes de Santa Teresa.

O projeto, que visa a retomada do trajeto original, representa um marco para mais de 40 mil moradores e turistas, beneficiando a economia local.

O governador Claudio Castro destaca a importância do meio de transporte como patrimônio do Rio de Janeiro.

O que você precisa saber:

  • Obras de revitalização do sistema de bondes de Santa Teresa têm início.
  • Projeto visa a retomada do trajeto original, beneficiando mais de 40 mil pessoas.
  • Investimento total é de R$ 69.800.000, com previsão de conclusão em 360 dias.

Investimento e Prazo: O investimento total para a reconstrução do sistema é de R$ 69.800.000, com a previsão de conclusão das obras em 360 dias. O projeto inclui a recuperação dos ramais Paula Mattos e Silvestre, paralisados por mais de dez anos, e a reforma da oficina de manutenção dos bondes.

Expectativas e Modernização: A iniciativa faz parte de um pacote de medidas para modernizar o centenário meio de transporte. Este ano, o número de usuários já superou 2023, com mais de 420 mil embarques até outubro. O governador ressalta que investir nos modais é uma prioridade do governo, proporcionando conforto e qualidade nos serviços de transporte público.

Renovação da Equipe de Motorneiros: Após 22 anos, a equipe de motorneiros passa por renovação. Dezesseis novos motorneiros estão em treinamento, proporcionando a oportunidade de reduzir intervalos e aumentar o horário de funcionamento dos bondes. O reforço na equipe inclui 16 auxiliares e dois supervisores.

Ampliação do Sistema: Após as obras de recuperação dos ramais, será avaliada a possibilidade de aumentar o número de bondes. A tarifa do transporte é de R$ 20 ida e volta, com direito ao reembarque no mesmo dia, sendo gratuito para moradores cadastrados, estudantes da rede pública, pessoas acima de 65 anos e portadores do Vale Social.

megaloterias
megaloterias