Enchentes no Rio

Governo do Rio anuncia medidas de auxílio às vítimas das chuvas

Cartão Recomeçar de R$ 3 mil e recursos de R$ 733 milhões para obras são anunciados

megaloterias
As consequências das fortes chuvas que caíram na região metropolitana do Rio nesse fim de semana ainda são sentidas pela população - Fernando Frazão/Agência Brasil
As consequências das fortes chuvas que caíram na região metropolitana do Rio nesse fim de semana ainda são sentidas pela população - Fernando Frazão/Agência Brasil

O Governo do Rio de Janeiro anunciou, nesta segunda-feira (15), medidas de auxílio às centenas de pessoas desabrigadas e também de ajuda aos municípios duramente afetados pelas fortes chuvas que atingiram o estado nos últimos dias.

O que você precisa saber:

  • Governo do Rio anuncia Cartão Recomeçar de R$ 3 mil para famílias que perderam bens
  • Governo solicita recursos de R$ 733 milhões para obras de prevenção
  • Chuvas deixaram 12 mortos e centenas de desabrigados

Durante uma reunião do comitê organizado pelo governo, coordenada pelo governador Cláudio Castro (PL) e que contou com a presença do secretariado, foi anunciada a criação de um Grupo de Trabalho para promover o acompanhamento das ações implementadas e das despesas a serem executadas em decorrência do efeito devastador das chuvas de verão.

Além da criação do Grupo de Trabalho, o governo anunciou que irá entregar o Cartão Recomeçar, no valor de R$ 3 mil, às famílias que perderam seus bens, para cobrir as perdas com mobiliário, eletrodomésticos e compra de materiais de construção.

O governador também afirmou que solicitou recursos da ordem de R$ 733 milhões, ao Governo Federal, para a realização da obra do Rio Botas, que transbordou, localizado em Nova Iguaçu. Ainda que pretende notificar o Ministério do Transporte e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) para cobrar da concessionária Concer uma solução para a BR-040, impactada por alagamento na pista. O estado também informou a intenção de acionar judicialmente a empresa.

De acordo com o Governo do Estado, choveu aproximadamente 300mm em apenas 24 horas. Entre as áreas mais afetadas está a Baixada Fluminense, que, segundo o governador, foi atingida dessa forma pelo fato de a região estar abaixo do nível do mar. Conforme os dados oficiais divulgados, foram confirmadas 12 mortes no estado por conta das enchentes, e na cidade de Nova Iguaçu, por exemplo, há aproximadamente 300 pessoas desalojadas.

Consequências

As consequências das fortes chuvas que caíram na região metropolitana do Rio nesse fim de semana ainda são sentidas pela população. Além das vidas perdidas, são 12 mortes confirmadas, as ruas continuam alagadas, pessoas tiveram que deixar suas casas e falta água em muitos lugares. O temporal afetou o abastecimento, que depende de estações de tratamento e de rios localizados na Baixada Fluminense, região mais castigada.

A concessionária de distribuição Águas do Rio comunicou que a situação das estações de tratamento impacta diretamente a distribuição de água. E que por isso o abastecimento em todo o município de Japeri está suspenso. A Cedae informou que precisou reduzir a operação da Estação de Tratamento do Guandu para 19% no domingo, aumentou nesta segunda para 78% e disse que a operação será retomada assim que o manancial voltar à normalidade.

megaloterias
megaloterias