Caos no Rio

Chuva no Rio de Janeiro deixa 11 mortos e mulher desaparecida

Transporte público é afetado e Avenida Brasil é interditada

megaloterias
Forte chuva alaga vias importantes no Rio de Janeiro, como a avenida Brasil. Foto: Fausto Maia/Thenews2/Folhapress
Forte chuva alaga vias importantes no Rio de Janeiro, como a avenida Brasil. Foto: Fausto Maia/Thenews2/Folhapress

Pelo menos 11 pessoas morreram e uma mulher está desaparecida após fortes chuvas que atingiram o Rio de Janeiro neste fim de semana. As chuvas causaram danos em residências, veículos e inundações no transporte público.

O que você precisa saber:

  • Pelo menos 11 pessoas morreram em decorrência das chuvas no Rio de Janeiro.
  • Uma mulher está desaparecida.
  • As chuvas causaram danos em residências, veículos e inundações no transporte público.

As chuvas começaram na sexta-feira (13) e se intensificaram no sábado (14). Em alguns pontos da cidade, a chuva chegou a atingir 100 mm em apenas 24 horas.

Os principais bairros afetados foram a Zona Norte, a Zona Sul e a Baixada Fluminense. Em Caxias, na Baixada Fluminense, a BR-040 foi interditada por causa dos alagamentos. Os motoristas ficaram presos no tráfego por horas.

A Avenida Brasil, principal via de acesso da cidade, também foi interditada. As linhas de ônibus e metrô suspenderam suas operações.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros, a primeira vítima confirmada foi uma mulher que se afogou em sua residência, no bairro de Acari, na Zona Norte. Em Ricardo de Albuquerque, também na Zona Norte, um homem foi soterrado e não sobreviveu. Em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, outro homem morreu devido a uma descarga elétrica. Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, uma vítima de afogamento foi registrada. Em Belford Roxo, na Baixada Fluminense, uma mulher está desaparecida após seu carro ser arrastado para o Rio Botas.

megaloterias
megaloterias