Explica Castro?

Casa de Bolsonaro em Angra recebe atenção especial da PM do Rio

Ex-presidente recebe atenção especial da PM fluminense, além da segurança por servidores federais, gerando debate sobre o uso de recursos públicos e acesso à imprensa.

megaloterias
Bolsonaro aparece na janela de sua casa na Vila de Mambucaba, em Angra dos Reis — Foto: Reprodução/Redes sociais
Bolsonaro aparece na janela de sua casa na Vila de Mambucaba, em Angra dos Reis — Foto: Reprodução/Redes sociais

No pitoresco cenário da Vila Histórica de Mambucaba, Angra dos Reis (RJ), a residência de praia de Jair Bolsonaro encontra-se sob a vigilância contínua da Polícia Militar fluminense. Uma presença constante que despertou curiosidade durante recentes eventos realizados pelo ex-presidente. As informações são da Folha de S. Paulo.

O que você precisa saber: Durante os dias 2 a 4 deste mês, a PM fluminense marcou presença em frente ao portão dos fundos da propriedade de Bolsonaro. Em um sábado peculiar, um policial militar adentrou a residência para um café da manhã com o ex-mandatário, mantendo-se em posição de vigilância por mais de duas horas. No domingo, Bolsonaro realizou o “cercadinho de Mambucaba,” com a entrada da reportagem bloqueada por um segurança.

Bolsonaro e seus Encontros Polêmicos: Enquanto a PM fluminense mantinha proximidade com a residência, eventos controversos movimentavam os arredores. Bolsonaro, acompanhado de apoiadores, promoveu encontros marcantes, destacando-se o café da manhã prolongado e o “cercadinho de Mambucaba.”

Segurança Presidencial e a Lei 7.474/86: A residência de Bolsonaro, regida pela lei 7.474/86, está sob proteção dos servidores federais, incluindo segurança e assessoramento pessoal. Contudo, os policiais fluminenses não estão inclusos nessa lista. Os servidores designados passam por treinamento específico, assegurado pelo decreto 6.381/2008.

megaloterias
megaloterias