Eleição Estadual

Kassab admite Paes como possível candidato a Governador

Prefeito do Rio pode deixar mandato para disputar governo estadual em 2026

Gilberto Kassab e Eduardo Paes discutem futuro político e possíveis candidaturas para 2026
Gilberto Kassab e Eduardo Paes discutem futuro político e possíveis candidaturas para 2026

Rio de Janeiro – O presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, revelou que o prefeito do Rio, Eduardo Paes, reeleito recentemente, pode deixar o cargo em 2026 para concorrer ao governo do estado. Kassab defende uma chapa “puro-sangue” para garantir a continuidade do projeto político.

ESTAMOS NAS REDES

Siga-nos no X

Inscreva-se no no Youtube


O que você precisa saber

  • Reeleição e Possível Saída: Eduardo Paes pode abandonar o cargo de prefeito em 2026 para disputar o governo estadual.
  • Chapa Puro-Sangue: Gilberto Kassab sugere um vice do PSD para garantir a continuidade do projeto político.
  • Bastidores da Política: A ideia de Paes concorrer ao governo do estado já circula nos bastidores da política carioca.
  • Favoritos para Vice: Pedro Paulo é o preferido de Paes, com Eduardo Cavaliere, Guilherme Schleder, e Carlo Caiado também cotados.

Reeleição e Possível Saída

Eduardo Paes, recém-reeleito prefeito do Rio de Janeiro, pode deixar o mandato em 2026 para concorrer ao governo estadual. A afirmação foi feita por Gilberto Kassab, presidente nacional do PSD.

LEIA TAMBÉM

Chapa Puro-Sangue

Gilberto Kassab defende que o vice-prefeito seja alguém do PSD, assegurando aos eleitores a continuidade dos projetos de Paes. Isso é visto como uma estratégia para manter a confiança na administração municipal.

Bastidores da Política

A especulação sobre a candidatura de Eduardo Paes ao governo do estado já ganha força nos bastidores. Kassab acredita que indicar um vice do mesmo partido reforça a mensagem de continuidade para os eleitores.

Favoritos para Vice

Pedro Paulo é o favorito de Eduardo Paes para ocupar a posição de vice. Outros nomes cotados são Eduardo Cavaliere, Guilherme Schleder, e Carlo Caiado. Esses nomes foram mencionados após reuniões entre Paes e a cúpula do partido.


Com informações de O Globo