Corredor Verde

Criação do primeiro Corredor Verde de Irajá começa na Zona Norte

Iniciativa visa reduzir o calor e melhorar a qualidade ambiental na região

Primeiras mudas de árvore do Corredor Verde de Irajá foram plantadas neste sábado (8/6) - Rafael Catarcione/Prefeitura do Rio
Primeiras mudas de árvore do Corredor Verde de Irajá foram plantadas neste sábado (8/6) - Rafael Catarcione/Prefeitura do Rio

Rio de Janeiro – Neste sábado (8), teve início a criação do primeiro Corredor Verde da Zona Norte de Irajá.

O projeto tem como objetivo principal mitigar os efeitos das altas temperaturas na região, que é uma das ilhas de calor da cidade.

A primeira fase envolve o plantio de árvores ao longo dos primeiros dois quilômetros da Estrada da Água Grande até a Avenida Meriti, em Vista Alegre.

ESTAMOS NAS REDES

Siga-nos no X

Inscreva-se no no Youtube

O que você precisa saber

  • Objetivo: Mitigação do calor e melhoria da qualidade ambiental.
  • Local: Estrada da Água Grande até a Avenida Meriti, em Vista Alegre.
  • Impacto: Redução da poluição atmosférica e sonora, aumento da biodiversidade.

Detalhes do projeto

A intervenção prevê a implantação de um canteiro central e arborização ao longo das calçadas das avenidas Meriti e Brás de Pina. As próximas fases do projeto estão programadas para começar no segundo semestre deste ano.

LEIA TAMBÉM

Problema do calor em Irajá

Irajá é uma das áreas mais quentes da cidade durante o verão, com temperaturas que ultrapassaram os 42ºC em novembro de 2023, segundo o Sistema Alerta Rio. Outras regiões identificadas como ilhas de calor incluem o Complexo do Alemão, Complexo da Maré, Guaratiba, Bangu, Ramos e Pavuna.

Mapa com as vias que receberão o plantio de árvores do projeto Corredor Verde – Rafael Catarcione/Prefeitura do Rio
Mapa com as vias que receberão o plantio de árvores do projeto Corredor Verde – Rafael Catarcione/Prefeitura do Rio

Plano de ação

A secretária de Meio Ambiente e Clima, Eliana Cacique, destacou que esta é a primeira de cinco fases do projeto Corredor Verde.

— A intenção é estender o plantio de árvores em todo esse território para mitigar as zonas de calor, da Estrada da Água Grande até o Cimento Branco, em Vista Alegre, e por outras ruas da região. A segunda e terceira fases, que incluem as avenidas Meriti e Brás de Pina, estão previstas para julho — afirmou Cacique, que participou do plantio de uma muda de árvore em frente à Praça Nossa Senhora da Apresentação.

Benefícios dos corredores verdes

Os corredores verdes são áreas planejadas de vegetação dentro de ambientes urbanos, projetadas para conectar espaços verdes maiores como parques e reservas naturais. No projeto de Irajá, serão plantadas mudas de escumilha, árvores de porte médio com floração vasta, que proporcionam bom sombreamento e têm rápido crescimento.

Escolha das árvores

A escolha das árvores foi baseada na capacidade de adaptação ao ambiente urbano, considerando fatores como larguras de calçadas, redes de distribuição de energia e a qualidade do solo. A escumilha foi escolhida por sua resistência e capacidade de crescimento rápido.