Tensão

Senador de RR solicita reforço militar em Pacaraima diante de disputa entre Venezuela e Guiana

Hiran Gonçalves pede apoio das Forças Armadas devido à tensão na região de Essequibo.

megaloterias
O senador Hiran Gonçalves. - Foto: Reprodução
O senador Hiran Gonçalves. - Foto: Reprodução

a

O senador Hiran Gonçalves (PP) fez um pedido ao Ministério da Defesa para reforçar as Forças Armadas em Pacaraima, cidade na fronteira com a Venezuela. A disputa entre Venezuela e Guiana pela região de Essequibo, rica em petróleo, torna Pacaraima um ponto estratégico. Após garantias do ministro da Defesa, José Mucio, sobre o reforço militar, o senador destaca a importância dessa medida diante do referendo de Nicolás Maduro, que busca criar uma nova província na área.

O que você precisa saber:

  • Senador Hiran Gonçalves pede reforço militar em Pacaraima por disputa entre Venezuela e Guiana.
  • Garantias do Ministério da Defesa asseguram presença militar na fronteira.
  • Tensão aumenta antes do referendo de Maduro em Essequibo, gerando preocupações com a segurança dos brasileiros.

Reforço Militar na Fronteira: Após a solicitação de Hiran Gonçalves, o Ministério da Defesa confirma a intensificação da presença militar na região de Pacaraima. A cidade se torna crucial devido à disputa territorial entre Venezuela e Guiana pela área rica em petróleo, Essequibo.

Preocupações com o Referendo de Maduro: O pedido do senador surge em um momento crítico, às vésperas do referendo convocado por Nicolás Maduro para criar a província “Guayana Esequiba”. Isso levanta preocupações sobre a segurança dos brasileiros em Pacaraima, o que reforça a necessidade do apoio militar.

Disputa Histórica por Essequibo: A disputa territorial entre Venezuela e Guiana existe desde 1966, intensificando-se em 2015 com a descoberta de campos de petróleo pela ExxonMobil. Enquanto a Guiana busca resolver a questão na Corte Internacional de Justiça, a Venezuela prefere a negociação direta.

megaloterias
megaloterias