Disco arranhado

Inelegível, Bolsonaro reafirma dúvidas sobre eleição e ataca STF em evento no Rio de Janeiro

Ex-presidente participou de evento do PL Mulher, coordenado pela ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, e fez discurso voltado para o eleitorado feminino

megaloterias
Bolsonaro questiona eleições em evento do PL e destaca Michelle: Futuro político em jogo
Bolsonaro questiona eleições em evento do PL e destaca Michelle: Futuro político em jogo

No sábado (25), o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) reafirmou suas dúvidas sobre o processo eleitoral durante um evento do PL no Rio de Janeiro. O ex-ocupante do Planalto declarou que “quem determinou o resultado das eleições não foi o povo”.

“O que aconteceu em outubro do ano passado é incompreensível. Se eu sou o ex-presidente mais querido do Brasil, não foi por escolha do povo. A grande maioria do povo está do nosso lado. O que ocorreu dispensa comentários. Vocês sabem quem interferiu e quem decidiu nas eleições. Repito, não foi o povo que decidiu. O povo não foi respeitado. Mas vamos considerar o ano passado como página virada”, afirmou.

O que você precisa saber:

  • Bolsonaro voltou a atacar o processo eleitoral e o STF, apesar de ter sido condenado por isso pelo TSE.
  • O evento foi coordenado pela ex-primeira-dama Michelle Bolsonaro, que fez um discurso político indicando sua disponibilidade para 2026.
  • O evento contou com a presença de outras figuras políticas, incluindo o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro.

Bolsonaro disse que a derrota nas eleições de 2022 foi resultado de uma ingerência externa, mas não apresentou provas. Ele também fez uma indireta ao STF, mencionando uma PEC aprovada pelo Senado que limita as decisões individuais na Corte.

O evento PL Mulher ocorreu no Riocentro, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio. O eleitorado feminino foi uma das vulnerabilidades de Bolsonaro na campanha de 2022, o que abriu espaço para a vitória do presidente Lula (PT). O partido da direita, então, resolveu organizar as palestras a fim de atrair o público feminino.

Durante o evento, Michelle Bolsonaro fez um discurso político, indicando sua disponibilidade para 2026. Ela surge como uma das apostas do PL para o pleito, podendo concorrer ao Senado.

O evento também contou com a presença de outras figuras políticas, incluindo o general Walter Braga Netto, o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, e o ex-chefe da PF Alexandre Ramagem, confirmado por Bolsonaro como pré-candidato à prefeitura da capital fluminense

megaloterias
megaloterias