Deserto de Ideias

Bolsonaro faz live com filhos e espalha fake news, teorias conspiratórias e ataques

Ex-presidente voltou a atacar Alexandre de Moraes, Lula e nordestinos

megaloterias
Bolsonaro faz live com filhos e espalha fake news, teorias conspiratórias e ataques
Família Bolsonaro - Foto: Reprodução

Jair Bolsonaro fez uma live com seus filhos Flávio, Eduardo e Carlos neste domingo, 28, na qual espalhou fake news, teorias conspiratórias e ataques a adversários políticos.

O que você precisa saber:

  • Bolsonaro acusou o TSE de conspirar contra ele, dizendo que o tribunal fez campanha para os jovens tirarem título de eleitor, mas não fez nada para estimular o voto dos idosos.
  • Ele também disse que 80% dos jovens votam na esquerda, mas uma pesquisa Datafolha mostrou que Bolsonaro tinha a preferência de 20% dos eleitores de 16 a 29 anos.
  • Bolsonaro atacou o Nordeste, dizendo que os nordestinos migram para São Paulo porque fogem de governos de esquerda.

Fake news sobre o TSE

Bolsonaro disse que o TSE fez campanha para os jovens tirarem título de eleitor, mas não fez nada para estimular o voto dos idosos. Ele afirmou que o tribunal sabia que “80% dos jovens votam na esquerda, no PT”.

Essa afirmação é falsa. Uma pesquisa Datafolha feita somente com pessoas de 16 a 29 anos entre os dias 20 e 21 de julho em 12 capitais mostrou que Bolsonaro tinha a preferência de 20% dos eleitores desse universo, contra 51% de Lula.

Além disso, o TSE fez, sim, campanha para estimular o voto dos idosos, além da juventude. Foi ao ar em rede nacional de rádio e televisão em 8 de agosto daquele ano.

Teorias conspiratórias sobre Marielle, Adélio e Celso Daniel

Bolsonaro voltou a espalhar teorias conspiratórias sobre a morte da vereadora Marielle Franco, do assassinato de Adélio Bispo e do assassinato do prefeito Celso Daniel.

Ele disse que Marielle foi assassinada por uma “milícia comunista” e que Adélio Bispo foi manipulado pela esquerda. Também afirmou que Celso Daniel foi morto por “corruptos” ligados ao PT.

Essas teorias não têm fundamento e foram desmentidas por investigações policiais.

Ataques a Alexandre de Moraes e Lula

Bolsonaro também atacou o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Ele chamou Moraes de “vagabundo” e “corrupto” e disse que Lula é um “ladrão” e um “vagabundo”.

Esses ataques são comuns em discursos de Bolsonaro e não trazem nenhuma novidade.

Conclusão

A live de Bolsonaro foi mais um exemplo de como o ex-presidente usa as redes sociais para espalhar fake news, teorias conspiratórias e ataques a adversários políticos.

Esse tipo de discurso é perigoso e pode minar a democracia brasileira.

megaloterias
megaloterias