Hacker

Ataque cibernético na Câmara dos Deputados: Perfil oficial Acusa Moraes de ditador

Conta oficial no X, antigo Twitter, da Câmara dos Deputados publica polêmico tuíte contra ministro do STF, levantando questionamentos sobre segurança cibernética

megaloterias
Captura de tela da publicação atacando Moraes realizada no perfil da Câmara dos Deputados. (Foto: Reprodução)
Captura de tela da publicação atacando Moraes realizada no perfil da Câmara dos Deputados. (Foto: Reprodução)

Na manhã deste sábado (10), a Câmara dos Deputados viu-se no centro de um incidente digital quando seu perfil oficial no X, anteriormente conhecido como Twitter, surpreendeu os seguidores ao publicar um tuíte contundente atacando o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF). No post, Moraes foi chamado de “ditador”, e o presidente da Câmara, Arthur Lira, alegou que a conta foi alvo de hackeamento.

O tuíte, veiculado às 11h09, não só criticou Moraes, mas também mencionou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), sugerindo uma conexão entre ambos. Pouco tempo após a publicação, a mensagem foi removida da rede social. “O DITADOR Alexandre de Moraes destrói a democracia. Estão planejando um golpe de Estado orquestrado pelo Alexandre e por @LulaOficial. Serei caçado, mas estou lutando contra”, declarou o tuíte, marcando também os perfis do ex-presidente Jair Bolsonaro, do vereador Carlos Bolsonaro, do pastor Silas Malafaia e do influenciador Monark.

Em contato com o DC, a Câmara informou que estão trabalhando para na melhoria contínua dos nossos processos de segurança para evitar que novos episódios como esse voltem a ocorrer.

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. (Foto: Reprodução)
O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira. (Foto: Reprodução)

O que você precisa saber:

  1. Ataque Digital na Câmara:
    • Perfil oficial da Câmara dos Deputados no X ataca o ministro Alexandre de Moraes, chamando-o de “ditador”.
    • Presidente da Câmara, Arthur Lira, afirma que a conta foi hackeada e medidas estão sendo tomadas.
  2. Conteúdo Polêmico:
    • Tuíte acusa Moraes de destruir a democracia e menciona um suposto golpe de Estado envolvendo o ministro e Lula.
    • Rápida remoção da publicação levanta questões sobre segurança cibernética no ambiente político.
  3. Envolvimento de Figuras Públicas:
    • Tuíte marca perfis notáveis, incluindo Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, Silas Malafaia e o influenciador Monark.
    • Possíveis implicações políticas e repercussões em meio a um cenário já tenso.

Confira a nota da Câmara dos Deputados sobre o ataque hacker:

A conta oficial da Câmara dos Deputados no X foi hackeada na manhã deste sábado, 10, e postada uma mensagem injuriosa.

Menos de 15 minutos depois, o texto foi apagado e imediatamente trocada a senha de acesso para que novos ataques cibernéticos não sejam realizados.

As autoridades policiais e medidas de segurança foram acionadas. A Câmara dos Deputados também fará uma investigação interna.

Estamos empenhados na melhoria contínua dos nossos processos de segurança para evitar que novos episódios como esse voltem a ocorrer.

megaloterias
megaloterias