Lavando as mãos

Arthur Lira comenta operação da PF contra Bolsonaro e destaca desfile na Sapucaí

Presidente da Câmara fala sobre ação policial contra Bolsonaro e aborda polarização no Brasil antes de desfilar

megaloterias
Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados
Presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL). Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), abordou a operação da Polícia Federal contra Jair Bolsonaro, destacando a normalidade jurídica do processo.

Antes de desfilar na Sapucaí, Lira também comentou sobre a polarização no Brasil e a importância de partidos políticos fortes.

O que você precisa saber:

  • Arthur Lira comenta operação da PF contra Bolsonaro antes de desfile na Sapucaí.
  • Presidente da Câmara destaca a normalidade jurídica do processo e a atuação das instituições.
  • Lira ressalta a importância de partidos políticos fortes para a democracia.

A Visão de Lira sobre a Polarização: Lira expressa sua preocupação com a polarização no Brasil, enfatizando que partidos políticos, fonte essencial da democracia, não devem ser maculados. Ele destaca a expectativa de que o PL, assim como outros partidos em investigações passadas, não seja responsabilizado por atos individuais.

“Isso é com a Polícia Federal e com a justiça. Vamos deixar que elas corram dentro da normalidade jurídica. Não tem nenhuma postura que o Congresso possa fazer após ações da PF. Tem as ações políticas e jurídicas do Congresso, leis que são votadas para arrumar as situações”, disse Lira em entrevista à revista Veja.

Desfile na Sapucaí: Antes de desfilar pela escola de samba Beija-Flor, que representa Maceió, Lira manifesta orgulho pela representação de sua terra na Sapucaí. O enredo “Um delírio de Carnaval na Maceió de Rás Gonguila” é destacado como um momento histórico para Alagoas.

megaloterias
megaloterias