Barraco

Ameaças e Revelações: As mensagens explosivas de Queiroz sobre o Clã Bolsonaro

Ex-PM Fabrício Queiroz, pivô do escândalo das rachadinhas, faz ameaças e revelações em troca de socorro financeiro

megaloterias
Fabrício Queiroz com Flávio e Jair Bolsonaro. Reprodução/Redes sociais
Fabrício Queiroz com Flávio e Jair Bolsonaro. Reprodução/Redes sociais

Em uma reviravolta no caso das rachadinhas, esquema de corrupção operado no gabinete de Flávio Bolsonaro (PL-RJ) durante sua passagem pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Fabrício Queiroz, ex-policial militar e peça-chave no esquema de corrupção operado no gabinete de Flávio Bolsonaro (PL-RJ), ressurge ameaçando o clã Bolsonaro em uma série de mensagens reveladoras enviadas a Alexandre Santini, ex-sócio do filho “01” do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL).

Os áudios e conversas de WhatsApp, divulgados pelo jornalista Rodrigo Rangel no portal Metrópoles, expõem a tensa relação entre Queiroz e os Bolsonaro, revelando uma busca desesperada por socorro financeiro até o final de 2022, após a derrota eleitoral de Bolsonaro para o presidente para Lula.

O que você precisa saber:

  1. Queiroz em Busca de Socorro: Queiroz, sentindo-se desprestigiado, busca um “empréstimo” de Santini, utilizando-o como interlocutor para obter auxílio financeiro do senador Flávio Bolsonaro, a quem se refere como “amigo”.
  2. Ameaças Explícitas: O ex-PM faz ameaças diretas, mencionando uma conversa em que sua esposa procurou Victor Granado, ex-assessor de Flávio Bolsonaro, em busca de dinheiro para pagar a faculdade da filha Evelyn Mayara. Queiroz alerta que, se suas demandas não forem atendidas, ele está disposto a revelar informações comprometedoras.
  3. Conexões Suspeitas: Queiroz aponta conexões financeiras suspeitas no gabinete de Flávio Bolsonaro, destacando o cargo comissionado da esposa de Granado e um “contrato milionário” com uma advogada vinculada ao filho do ex-presidente.

Em Busca de Ajuda Financeira:

Queiroz, aparentemente marginalizado pelo clã Bolsonaro, busca socorro financeiro através de Santini, utilizando uma série de mensagens para pressionar Flávio Bolsonaro a lhe fornecer ajuda financeira.

Ameaças e Revelações:

O ex-policial, descontente com a falta de apoio, faz ameaças explícitas ao clã Bolsonaro, revelando detalhes de uma tentativa de obter recursos para pagar a faculdade da filha e expondo conexões financeiras questionáveis no gabinete do senador.

Informações Comprometedoras:

Queiroz deixa claro que possui informações que podem prejudicar os Bolsonaro, indicando sua disposição de revelar esses detalhes caso suas demandas financeiras não sejam atendidas.

megaloterias
megaloterias