Desumanos

Aliados de Bolsonaro debocham de tentativa de assalto contra Tabata Amaral

Deputados e secretários do PL ironizam parlamentar, que votou em Lula

megaloterias
Tábata Amaral - Reprodução
Tábata Amaral - Reprodução

Aliados e apoiadores do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) debocharam da tentativa de assalto que a deputada federal Tabata Amaral (PSB-SP) sofreu na manhã de sábado (9) na Bela Vista, região central de São Paulo.

Principais informações:

  • Aliados de Bolsonaro debocharam da tentativa de assalto contra Tabata Amaral.
  • Deputados e secretários do PL ironizaram a parlamentar, que votou em Lula.
  • Tabata Amaral foi vítima de uma tentativa de assalto na manhã de sábado (9) em São Paulo.

Ricardo Salles:

O deputado federal Ricardo Salles (PL-SP), que tenta viabilizar sua pré-candidatura à Prefeitura paulista, disse que a colega de Câmara “defende bandido, fez o L e agora faz mimimi”. “Interessante ver os candidatos esquerdistas reclamando dos assaltos em SP. Justamente eles que sempre defenderam bandidos e xingaram a polícia. Faz o L agora, para de fingimento e não enche a paciência”, escreveu o ex-ministro do Meio Ambiente de Bolsonaro no X (antigo Twitter).

Sonaira Fernandes:

Sonaira Fernandes, secretária de Políticas para a Mulher do governo de Tarcísio de Freitas, ironizou a notícia sobre a violência contra a deputada. Vereadora licenciada, Sonaira publicou que Tabata “foi vítima de um ‘pequeno delito’ praticado por uma vítima da sociedade”, e que a parlamentar “certamente, como sinal de empatia com o assaltante, não irá procurar a polícia truculenta”.

Bruno Zambelli:

O deputado estadual Bruno Zambelli (PL-SP), irmão da deputada federal Carla Zambelli (PL-SP), publicou uma montagem de Tabata antes e depois do episódio, juntamente com uma imagem dela ao lado do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e da primeira-dama Janja Lula da Silva. “Tem que reclamar com o painho”, escreveu.

Sérgio Camargo:

Sérgio Camargo, ex-presidente da Fundação Palmares no governo Bolsonaro, afirmou que Tabata “sofre na pele o efeito de sua infeliz escolha”, referindo-se ao fato da parlamentar ter votado em Lula na eleição de 2022.

megaloterias
megaloterias