Pelo Bem do Povo

Patrimônio de Giorgia Meloni cresce 80% em um ano

Primeira-ministra italiana vende casa e compra outra

megaloterias
Giorgia Meloni - Foto: Reprodução
Giorgia Meloni - Foto: Reprodução

O patrimônio da primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, cresceu mais de 80% em seu primeiro ano de mandato.

Em 2022, ela declarou ter cerca de € 160 mil (cerca de R$ 850 mil). Em 2023, seu patrimônio saltou para € 293.631 (R$ 1,57 milhão).

O que você precisa saber:

  • O patrimônio da primeira-ministra italiana, Giorgia Meloni, cresceu mais de 80% em um ano.
  • O aumento patrimonial se deve à venda de uma casa e à compra de outra.
  • Meloni é a terceira pessoa mais rica do primeiro escalão do governo italiano.

O aumento patrimonial de Meloni consta na documentação do primeiro escalão do governo italiano publicado nos sites da Câmara e do Senado do país. Segundo os registros, ela vendeu sua casa em Roma, que estava avaliada em € 120 mil, e comprou outra no mesmo bairro por € 170 mil. O restante do aumento patrimonial se deve a investimentos em ações e aplicações financeiras.

Meloni é a terceira pessoa mais rica do primeiro escalão do governo italiano, atrás de Guido Crosetto, ministro da Defesa, que tem € 895,6 mil (R$ 4,8 milhões), e da chefe do Turismo, Daniela Santanchè, que tem € 298,6 mil (R$ 1,6 milhão).

Os dois vice-premiês, Antonio Tajani e Matteo Salvini, têm bens calculados em € 77 mil (R$ 413 mil) e € 100 mil (R$ 536 mil) , enquanto o ministro com menor patrimônio é Raffaele Fitto, de Relações Europeias, com € 22,2 mil (R$ 118 mil).

megaloterias
megaloterias