Escolha do Povo

Javier Milei, do A Liberdade Avança, é eleito presidente da Argentina

Ultradireitista supera ministro da Economia e peronismo no segundo turno

megaloterias
Javier Milei é eleito presidente da Argentina
Javier Milei é eleito presidente da Argentina

A Argentina elegeu Javier Milei, do A Liberdade Avança, como seu novo presidente em um resultado surpreendente.

O ultradireitista superou o ministro da Economia, Sergio Massa, e o influente peronismo no segundo turno das eleições, neste domingo (19).

O resultado representa uma guinada para a extrema direita na Argentina, em um período onde o país enfrenta uma severa crise econômica e hiperinflação.

Principais destaques:

  • Javier Milei, do A Liberdade Avança, é eleito presidente da Argentina.
  • O ultradireitista superou o ministro da Economia, Sergio Massa, e o influente peronismo no segundo turno das eleições.
  • O resultado representa uma guinada para a extrema direita na Argentina.
  • A Argentina enfrenta uma severa crise econômica e hiperinflação.

Antes mesmo do início da divulgação dos resultados oficiais, Massa reconheceu a vitória de Milei.

“Os resultados não são o que esperávamos. Me comuniquei com Javier Milei para parabenizá-lo e desejar-lhe boa sorte porque ele é o presidente que a maioria dos argentinos elegeu para os próximos quatro anos”, disse Massa em discurso a apoiadores.

Milei, um economista de 53 anos, é conhecido por suas posições radicais e polêmicas.

Durante a campanha, prometeu abolir o Banco Central da Argentina, dolarizar a economia e adotar uma visão econômica “libertária”.

Além disso, a campanha de Milei ganhou notoriedade por defender abertamente a “tirania”.

O resultado da eleição é um sinal da insatisfação da população argentina com a política tradicional.

O país enfrenta uma severa crise econômica e hiperinflação, que atingiu 64% em setembro de 2023.

O peronismo, que governou a Argentina por mais de 70 anos, foi derrotado nas últimas três eleições presidenciais.

O resultado de Milei é uma ameaça ao status quo na Argentina e pode levar a uma nova era de turbulência política e econômica no país

megaloterias
megaloterias
ganhador