Relacionamentos

Carnaval e Namoro: como aproveitar as folias na época com mais términos?

Especialista em Relacionamentos traz 5 dicas de como aproveitar as festas sem terminar o namoro

megaloterias
Carnaval e Namoro: como aproveitar as folias na época de maior porcentagem de términos de relações?
(Crédito: Unsplash)

O carnaval está chegando e o que para muitos pode ser motivo de muita alegria, para outros pode se resumir a preocupação. O Especialista em Relacionamentos, Maicon Paiva, fundador da Casa de Apoio Espaço Recomeçar traz um debate do seguinte questionamento: “É possível aproveitar a folia do Carnaval mesmo estando em um relacionamento amoroso?”

Essa pergunta permeia a mente de milhares de pessoas ao redor do país, já que muitos associam as festas como uma oportunidade de o parceiro(a) trair ou, como em muitos casos, darem um fim na relação antes mesmo do início do Carnaval, para que possa aproveitar as comemorações solteiro(a).

“A harmonia de um relacionamento não está necessariamente relacionada com sua duração. Para isso, pesa muito mais o funcionamento do casal. E, quando algumas questões permanecem desalinhadas, festas como o Carnaval podem ser o gatilho para grandes discussões e desentendimentos”, reflete o Especialista em Relacionamentos, Maicon Paiva.

Segundo um estudo feito pelo psicólogo Thiago de Almeida, no livro “Relacionamentos Amorosos: o antes, o durante e o depois”, o carnaval é a época do ano em que mais relacionamentos são rompidos, seguido do Dia dos Namorados e Reveillon.

O Especialista traz algumas dicas para aqueles que adoram cair na folia, mas ficam preocupados que o Carnaval possa ser uma ameaça para o relacionamento, vale a reflexão sobre algumas questões.

1- A comunicação é fundamental: É essencial a harmonia para o funcionamento do casal, e o que favorece diretamente tal harmonia é a comunicação. Falar sobre seus sentimentos, sensações e desconfortos pode ser um forte aliado para fazer com que seu parceiro lhe entenda, despertando sua empatia. Dessa forma, ele poderá ver as situações e possibilidades através de sua perspectiva;
 

2- Hora de definir limites: A empatia ajuda (fazendo com que seu parceiro repense comportamentos) e favorece o respeito. Para festas onde o casal ficará exposto a assédios, vale também fazer combinados antes do evento, estipulando limites e acordos que poderão prevenir desentendimentos e mal-entendido;

3- Proibido provocar: Outro fator que acaba desencadeando brigas durante o Carnaval é utilizar algum artifício para provocar ciúme no parceiro, na tentativa de se sentir valorizado. Trata-se de um ambiente propício para flertes e paqueras; estimular de alguma forma a aproximação de um terceiro, assumir uma postura provocativa, para atrair olhares e atenção, pode ser uma grande cilada;

4- Fortalecer a confiança: O ciúme pode também ser um grande inimigo para o funcionamento dos casais. Muitas pessoas projetam sua insegurança e possessividade por meio do ciúmes, algo que pode ser altamente destrutivo para a relação. Algo assim em festas tão movimentadas como o Carnaval acaba sendo exacerbado. O casal sempre deverá encontrar maneiras de fortalecer a confiança que existe um no outro, mas é importante que o ciumento entenda que o sentimento normalmente está vinculado com questões pessoais e não com seu parceiro, podendo necessitar do apoio profissional de um psicólogo para serem trabalhadas;

5- Não há por que sufocar: Relacionamentos não são sinônimos da anulação de identidade e liberdade para o outro. Essa sensação pode causar intenso desconforto no seu parceiro, afastando-o ao invés de aproximá-lo. Pense que compartilhar momentos de alegria um com o outro, e em rodas de amigos, pode trazer inúmeros benefícios para o bem-estar de ambos, afinal, a vida social é um aspecto importante de todos, sendo solteiros ou não.

O Especialista em Relacionamentos ressalta a importância do cuidado com a relação e traz uma alternativa para fortalecer o amor entre o casal nesta época do ano. “Uma recomendação para a relação é a Amarração Amorosa, o trabalho espiritual é indicado para quem quer ser notado(a) por alguém, para quem não tem mais o amor ao seu lado ou para alguém que busca viver um grande amor. A Amarração une corações que deveriam estar juntos, mas que, infelizmente, por influência de energias negativas, não estão, e com foco para o bem, sem prejudicar ninguém.”

megaloterias
megaloterias