Evolução

Filipe Cândido vê estreia positiva, apesar da derrota do Boavista

Mesmo com o placar reverso (2 a 0), o Verdão de Saquarema deixou uma boa impressão para o técnico

megaloterias
Treinador Filipe Cândido pede apoio do torcedor do Boavista no próximo jogo (Crédito: Luis Miguel Ferreira/BSC)
Treinador Filipe Cândido pede apoio do torcedor do Boavista no próximo jogo (Crédito: Luis Miguel Ferreira/BSC)

DC – Na noite de quinta-feira (18), em São Januário, o Boavista fez sua estreia no Campeonato Carioca Batnacional contra o Vasco da Gama. Mesmo com o placar reverso (2 a 0), o Verdão de Saquarema deixou uma boa impressão para o técnico Filipe Cândido.

– Sei que não há vitórias morais e estamos tristes com o resultado. Porém, sinceramente animados com o que a equipe foi capaz de fazer no jogo, tendo em conta o primeiro adversário que enfrentamos. E ainda na casa deles. Sinto que fomos capazes de criar muitas situações de gols – analisou o treinador.

Satisfeito com a postura e triste com o resultado, o português deixou claro que não há tempo para lamentos, mas é necessário trabalhar em busca de resultados positivos.

– O jogo em si ficou marcado por dois gols muito cedo em ambas as partes. Apesar disso, a equipe deu sempre uma resposta positiva – ressaltou.

O Boavista já tem mais um compromisso na Taça Guanabara, no fim de semana. No domingo (21), o Verdão encara o Volta Redonda, no Estádio Raulino de Oliveira.

– Nós pensamos jogo a jogo. O nosso pensamento será sempre vencer o próximo. Esse que passou fizemos de tudo para que o resultado fosse diferente e agora é olhar já para este adversário – explicou.

Filipe não deixou de exaltar o comportamento e a importância da presença do torcedor, que compareceu em peso no primeiro desafio no Cariocão. Para o professor, o primeiro contato com os ‘adeptos’ do Verdão foi especial.

– Quero agradecer a presença dos nossos torcedores que vieram ao jogo e fizeram uma bonita festa. Gostaria de presenteá-los com um resultado positivo, em especial a vitória. Nosso torcedor é muito importante e contamos com eles para conquistarmos nossos objetivos. – finalizou.

Agência FERJ

megaloterias
megaloterias