Celebração

A história das Olimpíadas

As primeiras notas sobre as Olimpíadas remontam à Grécia Antiga e à mitologia grega

megaloterias
A história das Olimpíadas
Foto: Pexels

Em ano de Jogos Olímpicos, é importante ficar a conhecer um pouco mais sobre a história e origem das Olimpíadas, e do longo caminho percorrido para chegar aos nossos dias.

Em sites, como a betway, pode seguir os próximos Jogos Olímpicos, nas suas múltiplas modalidades, com informações sobre calendários e resultados. O grande evento irá decorrer entre os meses de junho e agosto, em Paris, França.

A Grécia Antiga aos nossos dias

As primeiras notas sobre as Olimpíadas remontam à Grécia Antiga e à mitologia grega. Associados à cidade de Olímpia, os festivais eram realizados em homenagem aos deuses, em especial a Zeus, o deus dos deuses. Numa data que remonta a 776 a.C., as olimpíadas contavam com a participação das cidades gregas. À medida que os anos passavam foram sendo acrescentados mais esportes, no que começou com uma corrida e passou a integrar competições de luta, lançamento, dardos e luta livre.

O evento foi crescendo ao longo dos séculos, até que o imperador romano Teodósio I proibiu as Olimpíadas, em 393 d.C.

Os primeiros Jogos Olímpicos da era moderna foram realizados em Atenas, na Grécia, em 1896. O evento contou com mais de 280 atletas, vindos de 13 países diferentes. A fundação do Comitê Olímpico Internacional, dois anos antes, ajudou a consolidar a tradição dos jogos, que começaram a ser realizados de quatro em quatro anos.

É, hoje em dia, um evento internacional ímpar, com cerca de 50 modalidades esportivas e com a presença de mais de 10 mil atletas, oriundos de 200 países. É um dos eventos mais assistidos e prestigiados em todo o mundo.

As modalidades Olímpicas

A cada edição, o Comitê Olímpico Internacional revê as modalidades olímpicas, adicionando e removendo disciplinas em função da sua popularidade e relevância global.

Nos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020, as novas modalidades adicionadas ao programa foram o skate, a escalada, o ciclismo freestyle e o surfe. Antes disso, em 2016, o golfe voltou a ser integrado no esporte olímpico, tal como o rugby. Ambas as modalidades já tinham integrado programas olímpicos e voltaram a figurar nas provas, no Rio de Janeiro.

Em 2008, o ciclismo BMX corrida e a maratona aquática foram as novidades olímpicas, em Pequim.

O Taekwondo, ginástica de trampolim e triatlo tornaram-se modalidades olímpicas, nos Jogos Olímpicos de Sydney, em 2000.

Para estes novos Jogos Olímpicos, em Paris, as duas novas modalidades olímpicas que marcam estreia em 2024, são o breakdance e o caiaque cross.

Entretanto, já foram aprovadas novas disciplinas para Los Angeles 2028, com a introdução de críquete, squash, baseball, lacrosse e flag-football. 

Ao longo dos tempos, muitas foram as modalidades que se adicionaram ou removeram do programa olímpico, na tentativa de apresentar jogos modernos e de acordo com a evolução do esporte na sociedade.

Considerar um novo esporte como modalidade olímpica implica o preenchimento de uma série de requisitos e fica sempre a cargo do Comitê Olímpico Internacional, que avalia a pertinência de incluir a disciplina como esporte olímpico.

Em sites, como a Betway, pode descobrir as várias modalidades esportivas e viver as Olímpiadas de uma forma ainda mais divertida.

megaloterias
megaloterias