Boca Rosa

Bianca Andrade fala sobre seguidores e BBB em entrevista a Marcelo Tas no Provoca

Com 19 milhões de seguidores no Instagram, 6 milhões no YouTube e mais de 2 milhões no Twitter e TikTok, Bianca, conhecida como Boca Rosa, diz que, hoje, não liga tanto para números

megaloterias
Bianca Andrade fala sobre seguidores e BBB em entrevista a Marcelo Tas no Provoca na terça (28)
Foto: Gelse Montesso

Nesta terça-feira (28/11), o apresentador Marcelo Tas entrevista a empresária e influenciadora Bianca Andrade, no Provoca. A convidada fala sobre seus seguidores, sua participação no Big Brother Brasil, sua origem e muito mais. A edição vai ao ar na TV Cultura, a partir das 22h.

Com 19 milhões de seguidores no Instagram, 6 milhões no YouTube e mais de 2 milhões no Twitter e TikTok, Bianca, conhecida como Boca Rosa, diz que, hoje, não liga tanto para números: “São muito relevantes e importantes, mas depois de um tempo eu comecei a analisar assim ‘cara, número são muito legais, mas eles não podem ficar acima dos meus valores e dos valores das coisas que faço’. Tem coisa que eu faço que tem muito valor, eu falo ‘cara, isso aqui é tão legal’, mas nem todo mundo dá confiança, nem todo mundo repercute. Mas eu vejo que o time e todo mundo fala ‘caramba, isso foi muito legal’, e eu falo ‘bom, isso aqui teve mais valor do que número’. E assim eu jogo pra tudo na minha vida, porque a rede social te deixa em um lugar muito ansioso.”

”Sempre tive muito incentivo da minha mãe, tive esse privilégio. Eu lembro uma vez que ela estava lavando louça, eu tinha 16 anos, e ela falou: ‘tu vai longe, filha, eu acho que você vai longe’”. “Eu venho de uma família que, digamos, que eu e minha mãe somos as primeiras ricas da família. Mas quando eu falo de rico, eu falo em um lugar de humor e tudo mais, por que, cara, é muito legal ver uma mulher de favela, que veio da internet. […] Quando eu falo sobre o dinheiro, pra mim não vem em um lugar de ostentação, vem no lugar de conquista e possibilidade. Então, quando eu falo sobre o faturamento da minha empresa […] vem de um lugar de realização. E acho que é a única maneira que eu quero falar de dinheiro pra quem me acompanha, num lugar de inspiração, de ver uma menina de favela, que veio da internet, que muita gente duvidou.”

Ao falar sobre sua participação no Big Brother Brasil, em 2020, a empresária diz que desde o início das negociações foi clara sobre seu propósito. “Deixei claro para a produção, falei ‘gente, eu acabei de lançar minha marca, estou indo muito bem, é uma vitrine maravilhosa que é impossível eu como empresária recusar […], mas se eu não levar minhas maquiagens, não vai fazer sentido para minha carreira agora”, explica. Após o programa, a Boca Rosa Beauty triplicou as vendas, com apenas cinco semanas de participação de Bianca.

Bianca comenta que, para ela, a maquiagem também é uma forma de arte. “Principalmente no lugar da mulher, é um lugar de autocuidado, autoestima. Têm pessoas que perguntam ‘você se esconde com a maquiagem?’. Não, eu me expresso com a maquiagem. E se um dia eu estiver com olheira porque estou muito cansada, porque sou mãe, porque trabalhei muito no dia anterior, eu também escondo, e tá tudo certo! Então, a maquiagem é essa liberdade de poder me expressar. E pra mim, toca em um lugar de muita paixão mesmo, eu sou apaixonada. […] Tanto que quando, as vezes, eu estou meio estressada ou corrida de muito trabalho, […] colocar meu fone e começar a me maquiar é meu momento Bianca com a Bianca, que eu deixo um pouco a mãe de lado, a empresária de lado, a comunicadora, a influenciadora de lado e vou cuidar de mim”, explica.

megaloterias
megaloterias