Luto

Lenda do Reggae: Aston Barrett, "Familyman", morre aos 77 anos

Filho interpretará músico em cinebiografia de Bob Marley

megaloterias
Bob Marley e Aston Barret. Foto: reprodução
Bob Marley e Aston Barret. Foto: reprodução

O baixista jamaicano Aston Barrett, mais conhecido como “Familyman”, ícone do reggae e membro fundamental da banda The Wailers de Bob Marley, faleceu no último sábado (3), aos 77 anos. A notícia foi confirmada por seu filho, Aston Barrett Jr., que o homenageará interpretando-o no filme “Bob Marley: One Love”, com estreia prevista para 15 de fevereiro.

Pioneiro do reggae e referência musical

Nascido em Kingston, Jamaica, em 1949, Barrett foi aclamado por sua genialidade musical, recebendo o prêmio pelo conjunto da obra pela revista Bass Player Magazine em 2012 e sendo eleito o baixista número um em 2020 pela mesma publicação. Sua maestria no instrumento contribuiu significativamente para moldar o som único do reggae.

Legado e memórias

“Quanto mais velha a lua, mais ela brilha”, disse o filho em homenagem ao pai, uma frase que reflete o brilho eterno da obra de Barrett. O músico deixa um legado inigualável e memórias que serão eternamente preservadas.

O que você precisa saber:

  • Aston Barrett, “Familyman”, baixista lendário do reggae, faleceu aos 77 anos.
  • Filho interpretará o músico em cinebiografia de Bob Marley.
  • Barrett foi um ícone do reggae e referência musical.
  • Sua genialidade no baixo moldou o som da banda The Wailers.
  • “Familyman” deixa um legado inigualável e memórias eternas
megaloterias
megaloterias