Lançamento

Confirmada no Coachella, Ludmilla lança o single "Maliciosa"

Primeiro lançamento da cantora pela ADA Music Brasil dá o tom para o álbum “Numanice #3 - Ao Vivo”, repleto de diversidade rítmica e parcerias de peso

megaloterias
Ludmilla - Maliciosa
Ludmilla - Maliciosa

DC – Ludmilla, uma das maiores vozes do Brasil, começa 2024 com tudo: após ser confirmada no lineup do Coachella, principal festival de música dos Estados Unidos, nos dias 14 e 21 de abril, ela lança “Maliciosa”, primeiro single do projeto Numanice #3 – Ao Vivo. A música, que inaugura a parceria da artista com a ADA Music Brasil, é a aposta da cantora para dar o start nesta nova edição do aclamado projeto de pagode, após anunciar a grandiosa turnê Ludmilla In The House, que irá passar pelos maiores estádios e arenas do Brasil.

Ouça “Maliciosa”: https://ada.lnk.to/Maliciosa_

“Maliciosa” é uma composição de Dan Ferrera e Jpê Souto, e faz parte do registro audiovisual gravado em novembro de 2023, no Mirante Dona Marta, no Rio de Janeiro. O álbum Numanice #3 – Ao Vivo promete ser um sucesso, com 18 faixas e participações especiais de nomes como Belo e Mari Fernandez, entre outros. “Essa música é arrebatadora. Assim que ouvi, fiquei apaixonada pela sensibilidade com que as ‘cenas’ são descritas e musicadas. Vocês vão ver que não estou exagerando, e tenho certeza que vão se apaixonar também. É só o começo de mais um álbum do Numanice, que vocês vão curtir todas, porque, como sempre, fiz com todo carinho pensando no público”, conta Ludmilla.

Originado de uma promessa feita pela cantora após ganhar o Prêmio Multishow em 2019, o projeto Numanice representa uma incursão inovadora no pagode. O EP de estreia foi lançado em abril de 2020, com seis faixas inéditas – todas presentes no Top 100, incluindo o hit “Amor Difícil”, que alcançou o Top 40 –  demonstrando a aceitação calorosa do público ao mesclar diferentes ritmos e gravações audiovisuais em pontos icônicos do Rio, como o Pão de Açúcar e o Museu do Amanhã. Este projeto, assim como a sequência Numanice #2 (2022), vencedor do Grammy Latino na categoria Melhor Álbum de Samba e Pagode, afirmou Ludmilla como um nome que ultrapassa fronteiras, reposicionando o gênero, tradicionalmente dominado por homens, como uma tendência no Brasil.

Ludmilla - Crédito: Steff Lima
Ludmilla – Crédito: Steff Lima

Desde sua primeira aparição no cenário musical aos 8 anos, Ludmilla se estabeleceu como uma força notável na música brasileira. Ela iniciou sua trajetória de sucesso com o hit “Sem Querer”, em 2014, e se tornou a primeira cantora negra da América Latina a ultrapassar 3 bilhões de streams no Spotify e 2 bilhões de visualizações no YouTube. Reconhecida por álbuns como “Hoje” e “A Danada Sou Eu”, a artista recebeu aclamação crítica e indicações ao Grammy Latino. Sua capacidade de explorar e dominar diversos estilos, do funk ao pagode, reflete seu espírito inovador e conexão profunda com o público. Com uma presença de palco magnética e um talento inigualável, Ludmilla continua a ser uma das figuras mais admiradas e influentes da música brasileira.

megaloterias
megaloterias