Inclusão

Beyoncé investe US$1 milhão em bolsas para empreendedores negros e indígenas no Brasil

Projeto Black Parade Route visa promover a equidade e sustentabilidade nos negócios locais

megaloterias
Beyoncé - Instagram/beyonce
Beyoncé - Instagram/beyonce

A renomada cantora norte-americana Beyoncé continua a deixar sua marca, desta vez com o projeto Black Parade Route, lançado em 2020.

Investindo US$1 milhão, a artista busca impulsionar o empreendedorismo entre comunidades negras e indígenas, oferecendo bolsas de R$25 mil a microempreendedores individuais (MEIs).

O que você precisa saber:

  • Beyoncé investe US$1 milhão em bolsas para empreendedores negros e indígenas no Brasil.
  • Projeto Black Parade Route promove equidade e sustentabilidade em negócios locais.
  • Bolsas de R$25 mil disponíveis para MEIs ativos por pelo menos dois anos.

Promovendo Equidade e Inclusão: Critérios para Participação no Programa: Beyoncé destaca seu compromisso com a equidade ao focar em MEIs, excluindo prestadores de serviços autônomos. Para participar, os candidatos devem ter uma atuação ativa e estabilidade nos negócios por pelo menos dois anos, visando garantir que o investimento contribua para um crescimento sustentável.

Inscrições Abertas até 6 de dezembro: Como Participar do Programa: A cantora convida empreendedores negros e indígenas a se inscreverem no programa até 6 de dezembro, utilizando a plataforma oficial da NMSDCA, responsável pela administração da ação. O objetivo é apoiar um número limitado de negócios locais inicialmente em São Paulo, expandindo posteriormente para Salvador e Rio de Janeiro.

megaloterias
megaloterias