Passagem Turbulenta

1,4 mil denúncias: Fãs de Taylor Swift no Rio de Janeiro acionam Ministério da Justiça

Após incidentes em shows da cantora, Ministério da Justiça recebe mais de 1.400 denúncias e notifica a produtora responsável

megaloterias
Taylor Swift
Taylor Swift

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça recebeu 1.445 denúncias de fãs da cantora Taylor Swift, após eventos no Rio de Janeiro.

O canal de denúncias foi ativado devido à morte de uma jovem e diversos desmaios durante o calor excessivo nos shows.

As reclamações abordam a proibição de garrafas d’água, fornecimento insuficiente de água, ausência de atendimento médico adequado e dificuldades para reembolso após o adiamento de um dos shows.

O que você precisa saber:

  • 1.445 denúncias foram registradas pela Senacon após shows de Taylor Swift no Rio de Janeiro.
  • Principais motivos das denúncias: proibição de garrafas d’água, fornecimento insuficiente de água, ausência de atendimento médico adequado e dificuldades para reembolso.
  • A produtora Time For Fun (T4F) foi notificada pela Senacon, que pediu esclarecimentos sobre diversos pontos, incluindo o socorro à jovem que faleceu.

Incidentes nos shows:

  • Proibição de acesso com garrafa d’água e fornecimento insuficiente causam desconforto aos fãs.
  • Dificuldade para obter reembolso e falta de comunicação com a produtora Time For Fun (T4F).
  • Atendimento médico criticado por oferecer clonazepam em meio às altas temperaturas.

Posicionamento da T4F e ações da Senacon:

  • CEO da T4F, Serafim Abreu, assume erros e pede desculpas pelo ocorrido, prometendo melhorias.
  • Senacon notifica a T4F, solicitando informações sobre o acesso do público a pontos de distribuição de água, atendimento médico e socorro à jovem que faleceu
megaloterias
megaloterias