Celebração

Trem do Samba comemora com muita música da Central do Brasil a Oswaldo Cruz

Neste ano, o evento recebe Leci Brandão, Martinho da Vila, Fundo de Quintal e outros grandes nomes.

megaloterias
O tradicional Trem do Samba
O tradicional Trem do Samba

A edição de 2023 do tradicional Trem do Samba, apoiado pela Secretaria Municipal de Cultura do Rio de Janeiro, homenageia grandes sambistas que são considerados verdadeiros griôs – contadores de histórias na cultura africana que mantêm viva a tradição oral de transmissão de conhecimentos e preservação da memória – contemporâneos.

Neste ano, o evento recebe Leci Brandão, Martinho da Vila, Fundo de Quintal e outros grandes nomes. O evento acontece no dia 02/12, Dia do Samba, com programação que parte da tarde e continua noite afora, seja na Central do Brasil, em Oswaldo Cruz, o berço do samba carioca, ou dentro dos vagões de trem, que partem cheio de música do centro rumo ao coração da Zona Norte.

O evento pede 1 kg de alimento não perecível por pessoa para participação e o primeiro trem, para que o público curta a programação em locais diferentes, sai às 18h04 da Central. No Palco principal, o Dona Ivone Lara, ainda na principal estação do Rio, o show começa com Marquinhos de Oswaldo Cruz e banda. Em seguida, se apresentam (separadamente) as Velhas Guardas da Vila Isabel, Salgueiro, Mangueira e Império Serrano. Por fim, há um encontro de 20 Reis Momos do Brasil.

Já em Oswaldo Cruz, é onde a programação fica mais extensa e o público pode ir preparado para rodar bastante por vários pontos do bairro. São quase 20 rodas de samba espalhadas por bares, barracas e outros espaços, além de três palcos grandes montados – Palco Mestre Candeia, Palco Tio Doca e Palco Ary do Cavaco –, que recebem Velha Guarda da Portela, Projeto Criolice, além de alguns consagrados artistas já citados: Martinho da Vila e Leci Brandão.

Não é preciso garantir lugar no evento previamente. No serviço abaixo, há todas as atrações confirmadas.

Palco Dona Ivone Lara (Central do Brasil):

  • 15h – Marquinhos de Oswaldo Cruz e banda
  • 15h30 – Velha Guarda da Vila Isabel
  • 16h – Velha Guarda da Salgueiro
  • 16h20 – Velha Guarda da Mangueira
  • 16h40 – Velha Guarda da Império Serrano
  • 17h – Apresentação de 20 Reis Momos do Brasil

Participações Especiais: Noca da Portela, Zé Luiz do Império, As Matriarcas, Marquinhos Diniz e Osmar do Breque

Palco Mestre Candeia (R. João Vicente, Oswaldo Cruz):

  • 19h – Projeto Criolice
  • 20h40 – Participação Especial de Lazir Sinval
  • 22h – Fundo de Quintal

Palco Tia Doca (R. Átila da Silveira, Oswaldo Cruz):

  • 19h – Terreiro de Crioulo
  • 20h – Mauro Diniz
  • 22h – Leci Brandão

Palco Ary do Cavaco (Praça Paulo da Portela, Oswaldo Cruz):

  • 19h – Velha Guarda da Portela
  • 20h30 – Fabiana Cozza
  • 22h – Martinho da Vila

RODAS DE SAMBA, a partir das 19h:

  • Roda de Samba do Henrique Escurinho – Bar do Pedinho/R. Adelaide Badajoz 72
  • Cacique de Ramos – Quintal da Pirapora/R. Pirapora 104
  • Bip Bip – Bar das Torcidas/R. Fernandes Marinho 103
  • Roda de Samba Wilma e Nelson – Pizzaria Paladar 300/R. Fernandes Marinho 300
  • Samba à Bangu – Bar da Tia Sueli/R. Atila da Silveira, 1068
  • Samba Encrespou – Bar do José Renato/R. Adelaide Badajoz 69
  • Família Novidade – Barraca do Pinininho/R. José Carvalho Salgado s/nº
  • A União Faz o Samba – Barraca da Vera Caju/R. Omar José Monteiro 197
  • Fator Principal – Buraco do Galo/R. Doná Vicência 97
  • Terreiro de Mangueira – Barraca do Gil/R. Dona Vicência, Praça Beto Portela
  • Roda de Samba da Analimar – Bar do Paulinho/R. Travessa Blandina 11
  • Samba D’Aurora – Boteco da Esquina/R. Frei Bento 77
  • Samba Feito – Conexão Carioca/R. João Vicente 575
  • Samba Com Cristo/R. Eng. Omar José Monteiro 85
  • Roda do Cavaco (Paris) – Espaço Point 329/Est. da Portela 329
  • Nossa Roda (Minas Gerais) – Quintal da Pirapora/R. Pirapora 104
  • Fruta no Pé – Espaço Point 329/Est. da Portela 329
  • Mulheres na Roda de Samba – Salão de Festa ao lado do Bar do Pedinho/R. Adelaide Badajoz
  • Roda de Samba Boitatá no Trem da Central até Oswaldo Cruz

TREM DO SAMBA com músicos nos vagões: primeiro sai às 18h04 da Central do Brasil rumo à Oswaldo Cruz. A entrada é 1 kg de alimento não perecível.

megaloterias
megaloterias