Rito

Lavagem da Sapucaí abre caminho para o Carnaval

Rito ecumênico e ancestral da Lavagem da Passarela do Samba antecipa a magia do Carnaval no Rio de Janeiro

megaloterias
Lavagem da Sapucaí reúne fé e festa para garantir sucesso do carnaval
Lavagem da Sapucaí reúne fé e festa para garantir sucesso do carnaval - Foto: Riotur

A uma semana do aguardado Carnaval, as escolas de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro aceleram os ajustes finais, enquanto a tradicional Lavagem da Passarela do Samba, na Sapucaí, realiza-se hoje (3) às 19h. Este rito ecumênico, que reúne diferentes grupos religiosos, marca o início dos preparativos e a busca por energias positivas para garantir um desfile nota 10.

O que você precisa saber:

  • Rito Ancestral: Lavagem da Passarela envolve católicos, umbandistas e candomblecistas em um rito ecumênico.
  • Bênção e Perfume: O concreto da avenida é abençoado com ervas, água de cheiro e defumadores para afastar energias negativas.
  • Diversidade no Desfile: Mestres sala, porta-bandeiras, baianas, crianças e veteranos participam da lavagem simbólica.
  • Tia Nilda e a Tradição: Coordenadora das baianas, Tia Nilda destaca a emoção e a tradição da festa.

Ritmo e Melodia: O Canto da Tradição: A tradição da Lavagem da Passarela é marcada pelo som dos atabaques, cânticos de candomblé e rezas, criando um ambiente único para a celebração.

O Fenômeno Meteorológico: Um Sinal de Proteção? Tia Nilda compartilha sua experiência com os últimos dois anos, quando chuvas intensas coincidiram com a Lavagem, interpretadas como um sinal de proteção divina.

Cronograma de Ensaios:

  • Sábado (Dia 1): Beija-Flor (20h30) e Vila Isabel (22h) encerram os ajustes.
  • Domingo (Dia 2): Viradouro (20h30) e Imperatriz Leopoldinense (22h) encerram a série de ensaios.

A Expectativa de Tia Nilda: “Com uma expectativa muito positiva para a Mocidade, Tia Nilda destaca a importância de aproveitar cada momento do Carnaval, celebrando a vida.”

megaloterias
megaloterias