Prisão

Suspeito de matar agente da Força Nacional no Rio de Janeiro é preso

Eduardo Santa Rita Carvalho, acusado de atirar em agente na Vila Valqueire, é detido pela Polícia Federal.

megaloterias
Suspeito de matar agente da Força Nacional é preso no Rio - Foto: Divulgação
Suspeito de matar agente da Força Nacional é preso no Rio - Foto: Divulgação

Nesta quarta-feira (29), Eduardo Santa Rita Carvalho, suspeito de matar o agente Edmar Felipe Alves dos Santos, da Força Nacional, entregou-se à Polícia Federal.

O crime ocorreu na Vila Valqueire, Zona Oeste do Rio, onde Eduardo teria atirado contra sua companheira e, na fuga, disparou dois tiros em Edmar, que não resistiu aos ferimentos.

Eduardo, após se entregar, foi encaminhado à Delegacia de Homicídios da Capital, responsável pela investigação do caso.

O que você precisa saber:

  • Suspeito de matar agente da Força Nacional, Eduardo Santa Rita Carvalho se entrega à Polícia Federal.
  • Crime ocorreu na Vila Valqueire, Zona Oeste do Rio, envolvendo disparos contra a companheira e o agente Edmar Felipe Alves dos Santos.
  • Edmar, vindo de Alagoas, veio reforçar a Força Nacional no Rio de Janeiro e não resistiu aos ferimentos.

A Noite Fatídica em Vila Valqueire: Noite de terça-feira (28), Eduardo é acusado de atirar na companheira, desencadeando uma sequência trágica. Edmar, ao ouvir os disparos, saiu armado para investigar e acabou sendo alvo de dois tiros de Eduardo em sua fuga.

Edmar Felipe Alves dos Santos: O agente, de 36 anos, deslocou-se de Alagoas para integrar a Força Nacional no Rio. Após os disparos, foi socorrido por colegas e levado ao Hospital da Base Aérea do Campo dos Afonsos, onde, infelizmente, não resistiu aos ferimentos.

Detenção de Eduardo Santa Rita Carvalho: Eduardo, apontado como autor dos disparos fatais, decidiu se entregar à Polícia Federal, que o encaminhou para a Delegacia de Homicídios da Capital, responsável por desvendar os detalhes do trágico acontecimento.

megaloterias
megaloterias