Vacilão

Folião embriagado é preso por importunação sexual a PM no Bloco Fúnebre de BH

Episódio de desrespeito durante o Carnaval de Belo Horizonte resulta na prisão de homem acusado de importunação sexual a uma soldado da PM

megaloterias
Bloco Fúnebre
Bloco Fúnebre, Belo Horizonte - Foto: Reprodução

Durante a madrugada deste sábado (10), um folião excedeu os limites do comportamento no carnaval de Belo Horizonte, sendo detido por suposta importunação sexual a uma Policial Militar que patrulhava o Bloco Fúnebre, na Praça da Bandeira, Região Centro-Sul da capital mineira.

O que você precisa saber:

  • Homem embriagado é preso por importunação sexual a policial durante patrulhamento em bloco de carnaval.
  • Soldado reage com cotovelada após tentativa de beijo forçado.
  • Ambulante também relata tentativa de beijo após solicitação de água mineral não paga.
  • Suspeito, de 49 anos, conduzido à 3ª Delegacia de Polícia Civil Sul.
  • Polícia Civil abre inquérito para investigar o ocorrido.

Desrespeito no Bloco: Tentativa de Beijo Forçado: O folião, visivelmente embriagado, ultrapassou os limites do respeito ao tentar beijar à força uma policial militar que estava em serviço durante o Bloco Fúnebre. A reação da PM, uma cotovelada, foi necessária para conter a investida.

Ambulante Vítima de Assédio: Além da policial, uma ambulante presente no momento também foi alvo do comportamento inadequado do suspeito. Ao solicitar água mineral e se recusar a pagar pela metade consumida, o homem tentou beijá-la, gerando mais uma denúncia de importunação.

Prisão e Investigação: O suspeito, de 49 anos, foi conduzido à 3ª Delegacia de Polícia Civil Sul, onde o caso está sob investigação. A Polícia Civil abriu um inquérito para apurar os detalhes do episódio, buscando esclarecer a conduta do folião e garantir a responsabilização legal.

megaloterias
megaloterias