Deus Pátria e Família

Mulher invade plenário e acusa vereador bolsonarista de paternidade

Incidente ocorreu durante discurso do vereador Abimael Pessoa

Grávida ‘invade’ sessão para cobrar de vereador paternidade do filho. Foto: Reprodução
Grávida ‘invade’ sessão para cobrar de vereador paternidade do filho. Foto: Reprodução

a última quinta-feira (6), uma mulher grávida interrompeu a sessão no plenário Olavo Calheiros, nas Alagoas, acusando o vereador bolsonarista Abimael Pessoa (PSB) de ser o pai de seu filho e exigindo o reconhecimento da paternidade.

ESTAMOS NAS REDES

Siga-nos no X

Inscreva-se no no Youtube

O que você precisa saber:

  • Incidente: Mulher grávida interrompeu a sessão do plenário.
  • Acusação: Vereador Abimael Pessoa foi acusado de ser o pai.
  • Reação: Vereador pediu intervenção da Mesa Diretora e força policial.
  • Interrupção: Sessão foi temporariamente suspensa.

Interrupção no Plenário

Durante a sessão, uma mulher grávida entrou na área reservada do plenário e se posicionou em frente à Mesa Diretora, enquanto o vereador Abimael Pessoa discursava. Ela alegou que havia sido abandonada e exigiu o reconhecimento da paternidade do filho, fruto de um relacionamento com o vereador.

LEIA TAMBÉM

Reação do Vereador

Surpreso com a situação, Abimael Pessoa solicitou à Mesa Diretora que interviesse, alegando que apenas parlamentares têm direito de falar durante as sessões ordinárias. Ele também pediu a presença da força policial para resolver o incidente.

Ação da Mulher

A mulher afirmou que já havia tentado contatar o vereador e o alertado sobre sua intenção de comparecer à Câmara, mas suas tentativas foram ignoradas. Devido à insistência dela, a presidência da Câmara decidiu interromper temporariamente a sessão para tratar da questão.

Desfecho Temporário

A sessão foi suspensa temporariamente enquanto a presidência da Câmara buscava resolver a situação entre o vereador e a mulher. A acusação trouxe um clima de tensão ao ambiente legislativo.