Democracia Sempre

Atos em defesa da democracia marcam um ano da tentativa de golpe

Manifestações ocorrem em todo o país e no Congresso Nacional

megaloterias
Ato no Eixão pede punição a envolvidos nos atos golpistas de 8 de janeiro - Reprodução/Facebook
Ato no Eixão pede punição a envolvidos nos atos golpistas de 8 de janeiro - Reprodução/Facebook

Dezenas de ativistas participaram neste domingo (7) de um ato em defesa da democracia em Brasília. Na segunda-feira (8), estão marcados vários outros atos em todo o país, incluindo um no Congresso Nacional com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

O que você precisa saber:

  • Atos em defesa da democracia marcam um ano da tentativa de golpe de 8 de janeiro de 2023.
  • Manifestações ocorrem em todo o país, incluindo Brasília e São Paulo.
  • No Congresso Nacional, haverá um ato com a presença do presidente Lula e dos presidentes da Câmara e do Senado.

A manifestação deste domingo foi organizada por um conjunto de organizações, entre elas a Central Única dos Trabalhadores no DF (CUT-DF) e o Fórum de Oposição Permanente ao Governo Ibaneis.

Os manifestantes carregaram cartazes com mensagens como “Lula, o Brasil precisa de você” e “Não à impunidade para os golpistas”.

Na segunda-feira, estão marcados vários outros atos em defesa da democracia organizados por movimentos populares em todo o país.

Em Brasília, o ato será realizado no Congresso Nacional, a partir das 15h. O evento contará com a presença do presidente Lula, do presidente da Câmara, Arthur Lira, e do presidente do Senado, Rodrigo Pacheco.

Também haverá atos em outras capitais, como Recife, Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Aracaju, João Pessoa, Goiânia, Salvador, Vitória, Campo Grande e São Paulo.

O governo federal monitora grupos bolsonaristas que articulam protestos antidemocráticos na data. Por hora, no entanto, a oposição ao governo Lula tem descartado a possibilidade de realizar manifestações presenciais em Brasília para se contrapor ao evento dos Três Poderes. O grupo deve se ater a uma nota de repúdio.

Na segunda-feira (8) estão marcados vários outros atos em defesa da democracia organizados por movimentos populares em todo o país.

Confira a programação:

. Recife (PE), às 10h, no Monumento Tortura Nunca Mais, na Rua da Aurora, bairro da Boa Vista
. Belo Horizonte (MG), às 16h, na Casa do Jornalista, na Avenida Álvares Cabral, nº 400, centro.
. Porto Alegre (RS), das 17h às 19h, no Sindicato dos Bancários, na Rua General Câmara nº 424
. Rio de Janeiro (RJ), às 17h, na Cinelândia
. Aracaju (SE), às 8h no calçadão da João Pessoa, próximo ao Museu Palácio Olímpio Campos
. João Pessoa (PB), às 15h, na Lagoa do Parque Solon de Lucena
. Goiânia (GO), às 9h, Cepal do Setor Sul (Rua 15 com Rua Fued José Sebba)
. Salvador (BA), às 9h, no Centro Administrativo, da Assembleia Legislativa (ALBA)
. Vitória (ES), às 16h30, na Assembleia Legislativa do Espírito Santo – Americo Buaiz nº 205
. Campo Grande (MS), 17h, Sintell, à Rua José Antônio nº 1682
. São Paulo (SP), às 17h, na Avenida Paulista em frente ao MASP

Conclusão:

Os atos em defesa da democracia marcam um ano da tentativa de golpe de 8 de janeiro de 2023. As manifestações expressam a indignação da população com o episódio e o compromisso com a defesa da democracia no Brasil.

megaloterias
megaloterias