Liderança LGBT+

68% dos brasileiros conhecem alguém LGBT+, aponta estudo

Pesquisa global revela liderança do Brasil em reconhecimento e apoio à comunidade LGBT+

Quase 70% dos brasileiros dizem conhecer alguém próximo que se identifica como homossexual, aponta Ipsos
Quase 70% dos brasileiros dizem conhecer alguém próximo que se identifica como homossexual, aponta Ipsos

São Paulo – Em maio de 2024, uma pesquisa da Ipsos revelou que 68% dos brasileiros têm um parente, amigo ou colega de trabalho que se identifica como lésbica, gay ou homossexual. Este número coloca o Brasil acima da média global de 48%, liderando o ranking entre 26 países.

ESTAMOS NAS REDES

Siga-nos no X

Inscreva-se no no Youtube

O que você precisa saber:

  • 68% dos brasileiros conhecem alguém lésbica, gay ou homossexual.
  • 46% dos brasileiros têm um conhecido que se identifica como bissexual.
  • 18% dos brasileiros conhecem alguém transgênero.
  • 76% dos brasileiros reconhecem a discriminação contra pessoas transgênero.
  • 54% dos brasileiros apoiam que pessoas LGBT+ sejam abertamente quem são.
  • 77% dos brasileiros concordam com a proteção contra discriminação para pessoas LGBT+.
  • A pesquisa foi realizada em 26 países com 18.515 entrevistados entre 23 de fevereiro e 8 de março de 2024.

Dados sobre a comunidade LGBT+

Uma pesquisa global revelou que 68% dos brasileiros conhecem alguém que se identifica como lésbica, gay ou homossexual, colocando o Brasil no topo do ranking global. Em comparação, a média global é de 48%.

LEIA TAMBÉM

Conhecimento sobre bissexualidade

O estudo também mostrou que 46% dos brasileiros conhecem alguém próximo que se identifica como bissexual, novamente liderando o ranking global, seguido pela Colômbia com 40% e Suécia com 36%.

Reconhecimento de pessoas transgênero

Quase dois em cada dez brasileiros (18%) afirmam ter um parente, amigo ou colega de trabalho que é transgênero. A Tailândia lidera com 46%, enquanto a média global é de 13%. Além disso, 76% dos brasileiros reconhecem a discriminação enfrentada por pessoas transgênero.

Apoio à comunidade LGBT+

A pesquisa indica que 54% dos brasileiros apoiam que pessoas LGBT+ sejam abertamente quem são. Globalmente, Tailândia e Espanha lideram com 68% de apoio.

Proteção contra discriminação

Quando questionados sobre a proteção contra discriminação, 77% dos brasileiros concordam que pessoas LGBT+ devem ser protegidas em casa, no trabalho e em serviços públicos. A média global é de 74%, com Tailândia, África do Sul e Espanha liderando o ranking.