Duas pessoas morrem em Duque de Caxias (RJ) após chuvas que atingiram região metropolitana

megaloterias

Duas pessoas morreram em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, após as chuvas que atingiram parte do estado do Rio na noite da última quinta-feira (30). Segundo a prefeitura do município, um homem identificado como Françoise Edgar Felipe Carvalho, de 21 anos, foi atingido por um raio no bairro Vila Ideal. Já Alexsandro Paula, de 43 anos, morreu após ser arrastada pela enxurrada. Mais uma pessoa, que foi arrastada pelas águas durante a chuva, está desaparecida.

A Prefeitura de Caxias informou que durante a noite 18 sirenes de alerta foram acionadas no município. Os maiores pontos de alagamento ocorreram no Centro, Vila São Luiz, Jardim Primavera e na Rodovia Washington Luiz.

Opinião | Forças Armadas e opinião pública: a nota de repúdio mais importante

Capital

O município do Rio registrou o maior volume de chuva em apenas uma hora desde o início do período chuvoso. A estação pluviométrica da Tijuca/Muda atingiu 79,2 mm/h às 20h30. Até então, a maior leitura (em 1h) havia sido registrada na estação pluviométrica de Bangu (70mm), em 11 de março. Às 22h30, a cidade seguia em Estágio de Atenção e contabilizava 81 sirenes acionadas em 50 comunidades.

Durante todo o dia, o Centro de Operações Rio alertou para o risco de chuva moderada a forte nos períodos da tarde e da noite. O munícipio entrou em Estágio de Mobilização às 18h45 e subiu para o Estágio de Atenção às 19h30. Diversos bolsões d’água foram registrados na cidade e alguns deles ainda estavam sendo desfeitos pelas equipes da Prefeitura, por volta das 21h30.

:: Ideia de ‘ditabranda’ contribuiu para apologia à ditadura hoje, diz Eugênia Gonzaga ::

Veja a seguir a lista com os principais registros de chuva:

Em 15 minutos:

Tijuca/Muda – 19:45 -36,6 mm/15min
Grande Méier – 19:45 – 35,2 mm/15min
Grajaú – 19:45 – 32,8 mm/15min
Anchieta – 20:00 – 28,4 mm/15min
Piedade – 20:00 – 25,0 mm/15 min

Em 1 hora:

Tijuca/Muda – 20:30 -79,2 mm/h
Grande Méier – 20:15 – 68,2 mm/h
Anchieta – 20:15 – 67,0 mm/h
Grajaú – 20:15 – 61,8 mm/h
Piedade – 20:15- 61,4 mm/h

Balanço

Ao todo, mais de 350 profissionais atuaram nas ruas do Rio e no Centro de Operações com o objetivo de minimizar os impactos. A Comlurb chegou a operar com 150 garis, que concentraram esforços em retirar acúmulos de lixo sobre as grelhas dos ralos.

Já a Defesa Civil mobilizou 45 agentes na operação de acionamento de sirenes e checagem do funcionamento dos equipamentos. O órgão não foi acionado para realizar vistorias e também não houve interdição de imóveis. As sirenes foram desmobilizadas por volta das 22h.

:: Aos 59 anos do golpe, Forças Armadas vivem desgaste de imagem após associação com Bolsonaro ::

Fonte: BdF Rio de Janeiro

Edição: Eduardo Miranda

megaloterias
megaloterias