Medicamentos gratuitos

Novos medicamentos gratuitos no Farmácia Popular

Ministério da Saúde amplia lista de remédios gratuitos

Farmácia Popular
Farmácia Popular

Brasília – A partir desta quarta-feira (10), medicamentos para tratamento de colesterol alto, doença de Parkinson, glaucoma e rinite serão oferecidos gratuitamente à população, segundo anúncio do Ministério da Saúde. A medida deve beneficiar cerca de 3 milhões de pessoas e gerar uma economia anual de até R$ 400 para os brasileiros.

O que você precisa saber

  • Novos medicamentos gratuitos: Tratamento de colesterol alto, Parkinson, glaucoma e rinite
  • Beneficiados: Cerca de 3 milhões de pessoas
  • Economia anual: Até R$ 400 por pessoa
  • Cobertura atual: 95% dos medicamentos e insumos de forma gratuita

Detalhes da ampliação

Com essa inclusão, o Ministério da Saúde passará a fornecer 95% dos medicamentos e insumos de forma gratuita. Atualmente, o programa Farmácia Popular oferece 41 itens, dos quais 39 são gratuitos, incluindo absorventes, anticoncepcionais e medicamentos para diabetes, hipertensão, asma e osteoporose. Para os medicamentos não gratuitos, a pasta cobre até 90% do valor de referência.

LEIA TAMBÉM

Histórico do programa

A inclusão dos novos remédios faz parte das comemorações dos 20 anos do programa Farmácia Popular, criado pelo primeiro governo Lula em 2004 e relançado em junho do ano passado com uma cesta ampliada de itens gratuitos. Dados do Ministério da Saúde indicam que cerca de 70 milhões de pessoas foram atendidas pelo programa nas últimas duas décadas.

Medicamentos e insumos do Farmácia Popular. Foto: reprodução
Medicamentos e insumos do Farmácia Popular. Foto: reprodução

Perguntas frequentes

  1. Quais são os novos medicamentos gratuitos?
    Medicamentos para tratamento de colesterol alto, doença de Parkinson, glaucoma e rinite.
  2. Quantas pessoas serão beneficiadas?
    Cerca de 3 milhões de pessoas.
  3. Qual é a economia anual esperada?
    Até R$ 400 por pessoa.