Vergonha

Gilvan da Federal discute com senador Marcos do Val no Congresso

Conflito ocorre durante sessão da Comissão de Constituição e Justiça

Marcos do Val e Gilvan da Federal discutindo – Reprodução/X
Marcos do Val e Gilvan da Federal discutindo – Reprodução/X

Brasília – O deputado federal Gilvan da Federal (PL-ES) teve uma discussão acalorada com o senador Marcos do Val (Podemos-ES) nesta quarta-feira (19) no Congresso Nacional. Gilvan considera Marcos um “traidor” do bolsonarismo e compartilhou um vídeo do confronto nas redes sociais.

ESTAMOS NAS REDES

Inscreva-se no no Youtube

Siga-nos no X

Siga no Instagram

O que você precisa saber

  • Discussão no Congresso: Deputado e senador se desentendem durante sessão da CCJ.
  • Acusações de traição: Gilvan acusa Marcos do Val de trair o bolsonarismo.
  • Vídeo compartilhado: Conflito foi divulgado nas redes sociais por Gilvan.
  • Tentativa de mediação: Outros presentes tentaram acalmar os ânimos.

Troca de acusações

Durante a sessão da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Gilvan da Federal e Marcos do Val trocaram provocações. No vídeo divulgado por Gilvan, é possível ver os dois se encarando e discutindo, enquanto outros parlamentares tentam intervir.

“Hoje na CCJ do Senado. Sen Marcos Durval, o mesmo que disse que ‘O Bolsonaro me chamou pra dar um golpe’ e que ‘detestava ser chamado de Senador Bolsonarista’ veio tentar ofender a mim e ao Senador Magno Malta. Mexeu com o cara errado ‘Swat’ da Shopee, não recuo pra traidor 1cm”, escreveu Gilvan no X (antigo Twitter).

Repercussão nas redes

O vídeo do confronto foi compartilhado por Gilvan, que ironizou Marcos do Val, chamando-o de “Swat da Shopee” e reforçando suas acusações de traição. A postagem gerou grande repercussão entre os seguidores do deputado.

LEIA TAMBÉM

Tentativa de acalmar os ânimos

Apesar da tensão, outros parlamentares presentes tentaram apaziguar a situação e acalmar os ânimos dos envolvidos. No vídeo, não é possível ouvir claramente o que foi dito, mas a troca de provocações é evidente.