Steve Bannon inicia pena de prisão nos EUA

Ex-estrategista de Trump se entrega para cumprir 4 meses por desacato ao Congresso

Steve Bannon
Steve Bannon - Foto: Wikimedia Commons

Washington – Steve Bannon, ex-estrategista do governo de Donald Trump, entregou-se às autoridades federais dos Estados Unidos nesta segunda-feira (1°) para cumprir uma pena de quatro meses de prisão por desacato ao Congresso.

Bannon se apresentou na prisão federal em Danbury, Connecticut, por volta das 12h (horário local), após fazer um pronunciamento do lado de fora da unidade correcional.

ESTAMOS NAS REDES

Inscreva-se no no Youtube

Siga-nos no X

Siga no Instagram

O que você precisa saber:

  • Bannon foi condenado por não cumprir intimação do Comitê que investigou o ataque ao Capitólio em 6 de janeiro de 2021
  • Ele é o segundo ex-assessor de Trump a ser preso por desacato ao Congresso, após Peter Navarro
  • A Suprema Corte negou um recurso de Bannon para evitar sua prisão enquanto contesta a condenação
  • Bannon manteve-se ativo até o último momento, continuando seu podcast e criticando o Departamento de Justiça

Contexto da condenação

A condenação de Bannon está relacionada à sua recusa em cooperar com o Comitê Seleto da Câmara que investigou o ataque ao Capitólio. Ele alegou que seguiu o conselho de seus advogados para não responder à intimação até que se decidisse sobre as alegações de privilégio executivo de Trump.

Impacto na carreira e influência

Apesar da prisão, Bannon insiste que sua plataforma de mídia “War Room” continuará prosperando. Ele afirmou: “Serei mais poderoso na prisão do que sou agora”, mantendo uma postura de desafio e bravata.

LEIA TAMBÉM

Condições na prisão

A prisão de Danbury, onde Bannon cumprirá sua pena, abriga uma população carcerária relativamente pequena. Os detentos não têm acesso à internet e as comunicações são monitoradas, o que limitará significativamente a capacidade de Bannon de se comunicar com o mundo exterior.