Escândalo

Linda de Sousa Abreu mantinha vida dupla como agente e modelo antes de vídeo em ato sexual com detento

Carcereira brasileira está presa após

A brasileira Linda de Sousa Abreu. Foto: reprodução
A brasileira Linda de Sousa Abreu. Foto: reprodução

LONDRES – A carcereira brasileira Linda de Sousa Abreu, de 31 anos, foi presa após ser flagrada fazendo sexo com um detento no presídio HMP Wandsworth, em Londres.

O caso revelou que Linda mantinha uma vida dupla como agente prisional e modelo de conteúdo adulto.

O que você precisa saber

  • Linda de Sousa Abreu trabalhava como carcereira no HMP Wandsworth.
  • Ela também produzia conteúdo adulto para o OnlyFans como “Linda La Madre”.
  • Um vídeo íntimo de Linda com um detento vazou nas redes sociais.
  • A polícia metropolitana de Londres iniciou uma investigação sobre o caso.

Quem é Linda de Sousa Abreu?

Linda, uma brasileira de 31 anos, atuava como agente prisional em Londres. Contudo, ela também mantinha uma carreira paralela como modelo de conteúdo adulto. No OnlyFans, Linda usava o pseudônimo “Linda La Madre” e cobrava US$ 10 por mês por seus conteúdos.

O que aconteceu na prisão?

Um vídeo mostrando Linda fazendo sexo com um detento dentro de uma cela no HMP Wandsworth foi divulgado na internet. As imagens foram gravadas por outro prisioneiro. Após o vazamento, Linda foi presa por suspeita de má conduta em cargo público.


LEIA TAMBÉM

Vida dupla e consequências

A revelação da identidade de Linda resultou na exclusão de todas as suas contas relacionadas às atividades online. Além disso, ela participou do reality show “Open House: The Great Sex Experiment” do Channel 4, onde casais exploram relacionamentos não monogâmicos.