Empresa da Fé

Isenta de impostos, Igreja Universal, do Bispo Macedo, investe bilhões em TV aberta

Retomada de parcerias amplia presença televisiva da igreja

Edir Macedo - Pastor Empresário - Foto: Reprodução
Edir Macedo - Pastor Empresário - Foto: Reprodução

São Paulo – A Igreja Universal do Reino de Deus (IURD) retoma investimentos massivos em TV aberta para 2024. A congregação pentecostal planeja gastar mais de R$ 1 bilhão em locações de horários televisivos, revertendo a tendência de redução iniciada em 2019.

ESTAMOS NAS REDES

Inscreva-se no no Youtube

Siga-nos no X

Siga no Instagram

O que você precisa saber:

  • IURD aumenta investimentos em TV aberta para mais de R$ 1 bilhão em 2024
  • Record receberá R$ 910 milhões por telecultos e programas especiais
  • Parcerias retomadas com Rede 21, TV Gazeta, RedeTV! e CNT

Principais Investimentos

Record, propriedade de Edir Macedo, receberá a maior parte do investimento. Contudo, outras emissoras também se beneficiarão:

  1. Rede 21: R$ 300 milhões anuais por 22 horas de programação
  2. TV Gazeta: R$ 300 milhões por 13 horas diárias
  3. RedeTV!: R$ 350 milhões por três horas diárias
  4. CNT: R$ 100 milhões anuais por 22 horas de programação

Estratégia de Expansão

A IURD retoma parcerias suspensas, como com a Rede 21. Portanto, amplia sua presença na TV aberta após tentativas de fortalecimento digital.

Produção de Conteúdo

Além dos horários comprados, a IURD produz novelas bíblicas para a Record, como “Reis” e “A Rainha da Pérsia”.

LEIA TAMBÉM

Quais são os principais motivos da Igreja Universal voltar a investir na TV?

  1. Retorno abaixo do esperado na estratégia digital: Desde 2019, a IURD tentou fortalecer sua presença digital para alcançar novos fiéis, mas o retorno foi menor que o esperado.
  2. Recálculo de estratégia: Em 2023, a igreja decidiu recalcular sua rota e retomou negócios com TVs abertas.
  3. Alcance da TV aberta: A televisão ainda oferece um alcance significativo, especialmente para o público-alvo da IURD.
  4. Manutenção da influência: Investir em TV aberta permite à IURD manter sua presença e influência em um meio de comunicação tradicional e de grande alcance.
  5. Produção de conteúdo próprio: A IURD passou a produzir novelas bíblicas para a Record, como “Reis” e “A Rainha da Pérsia”, ampliando sua influência na programação.
  6. Oportunidades de parcerias: A igreja retomou e expandiu parcerias com várias emissoras, como Rede 21, TV Gazeta, RedeTV! e CNT, aumentando sua presença na TV aberta.

Estes motivos indicam uma mudança estratégica da IURD, reconhecendo a importância contínua da TV aberta em sua missão de alcançar e manter fiéis.