Família é Tudo

Frida assumiu identidade da irmã gêmea em Família é Tudo?

A ricaça finge ser Catarina para enganar os netos, mas mudanças no comportamento podem revelar a verdade

Frida finge ser Catarina em "Família é Tudo", mas comportamento emotivo pode revelar a verdade. Vênus desconfia da identidade da "avó".
(Foto: Reprodução/Globo)

Rio de Janeiro – Em “Família é Tudo”, Frida (Arlete Salles) surpreende ao não ter morrido no navio, como todos pensavam. Usurpando a identidade da irmã gêmea Catarina, ela busca enganar os netos. No entanto, seu disfarce começa a falhar, pois seu comportamento emotivo difere do jeito sério e fechado de Catarina.

ESTAMOS NAS REDES

Inscreva-se no no Youtube

Siga-nos no X

Siga no Instagram


O que você precisa saber

  • Identidade trocada: Frida finge ser Catarina para enganar os netos.
  • Comportamento revelador: A emotividade de Frida contrasta com a seriedade de Catarina.
  • Desconfiança de Vênus: Vênus (Nathalia Dill) suspeita da verdadeira identidade de “Catarina”.

Suspeitas iniciais

Em episódios anteriores, Vênus teve uma sensação estranha ao ver “Catarina”, que na verdade é Frida. Durante a inauguração da galeria, a jovem comentou: “Me lembrei da minha avó. Estou muito emocionada porque isso só foi possível com o trabalho árduo de cinco pessoas que se amam muito, porque só com muito amor a gente conseguiu chegar até aqui.”

Frida começa a se revelar

À medida que a trama avança, Frida, no papel de Catarina, começa a se aproximar mais dos netos, algo que Catarina nunca fez. Este comportamento inesperado levanta suspeitas entre os jovens. Vênus, observando essas atitudes, desconfia da verdadeira identidade de sua “avó”.

Planos em risco

Com a revelação iminente, o disfarce de Frida está prestes a ser descoberto. A personagem de Nathalia Dill, Vênus, será a primeira a desvendar o mistério, ficando chocada com a verdade.

LEIA TAMBÉM

Estratégia de produção

Segundo o Notícias da TV, a personagem Catarina teve menos cenas para evitar que o público suspeitasse da troca de identidade e que Frida estivesse viva.