Ed Motta faz declaração polêmica sobre hip hop

Cantor afirma que quem ouve hip hop é "burro", gerando críticas nas redes sociais

Ed Motta durante show – Reprodução/TV Globo
Ed Motta durante show – Reprodução/TV Globo

Rio de Janeiro – O cantor Ed Motta foi um dos tópicos mais comentados nas redes sociais nesta quarta-feira (12) após um trecho de sua live viralizar. Nele, Ed Motta declara que “qualquer um que ouve hip hop é burro”, gerando indignação entre internautas.

ESTAMOS NAS REDES

Inscreva-se no no Youtube

Siga-nos no X

Siga no Instagram


O que você precisa saber

  • Declaração Polêmica: Em uma live, Ed Motta afirmou que pessoas que ouvem hip hop são “burras”, o que gerou grande repercussão.
  • Contexto da Declaração: O cantor disse que representa o que a raça negra tem de mais sofisticado, criticando o gosto musical de quem aprecia hip hop.
  • Críticas a Personalidades: Ed Motta também criticou o humorista Rafinha Bastos, chamando-o de “imbecil” por gostar de hip hop.
  • Preferências Musicais: Segundo o artista, pessoas inteligentes devem ouvir música clássica e jazz.

Ed Motta e a Controvérsia sobre Hip Hop

Declarações Durante a Live

Na live que circulou amplamente nas redes, Ed Motta afirmou: “Eu não sou branco, p*rra. Eu sou preto, mas eu represento o que a raça tem de mais sofisticado”. Ele seguiu dizendo: “Qualquer um que ouve hip hop é burro”, repetindo a frase várias vezes para enfatizar seu ponto de vista.

Crítica a Rafinha Bastos

Em resposta ao comentário de um seguidor, Ed Motta criticou o humorista Rafinha Bastos, chamando-o de “imbecil” por preferir hip hop. “Outro dia, eu vi um trecho de uma entrevista desse bobalhão desse Rafinha Bastos: ‘Ah, porque hip hop é o tipo de música que eu mais gosto de ouvir’. O cara é um imbecil”, declarou.

LEIA TAMBÉM

Preferência por Música Clássica e Jazz

Ed Motta concluiu sua fala afirmando que, em sua opinião, uma “pessoa inteligente” escuta música clássica e jazz, diferenciando essas preferências musicais como mais sofisticadas.