Fez o L

Dinho Ouro Preto fala sobre política e apoio a Lula

Líder do Capital Inicial comenta sobre apoio e perdas nas redes

Dinho Ouro Preto – Foto: Reprodução
Dinho Ouro Preto – Foto: Reprodução

Rio de JaneiroDinho Ouro Preto, vocalista do Capital Inicial, revelou em entrevista ao Estadão que, apesar de apoiar o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas eleições, não quer que a banda se torne um palanque político.

ESTAMOS NAS REDES

Inscreva-se no no Youtube

Siga-nos no X

Siga no Instagram

O que você precisa saber:

  • Posicionamento político: Dinho Ouro Preto se considera de centro-esquerda.
  • Apoio a Lula: Apoio motivado pelo perigo que via em Bolsonaro.
  • Perda de seguidores: Perdeu dezenas de milhares de seguidores nas redes.
  • Críticas a extremismos: Critica extremismos tanto da direita quanto da esquerda.

Apoio a Lula

Dinho explicou seu apoio a Lula, destacando o perigo que via em Jair Bolsonaro. Ele mencionou que várias figuras que não são petistas, como Simone Tebet, Alckmin e FHC, também apoiaram Lula nas eleições.

Perda de Seguidores

O músico admitiu ter perdido muitos seguidores nas redes sociais devido ao seu posicionamento político. No entanto, defende o direito de se manifestar em momentos críticos da história do Brasil.

Preocupação com Extremismos

Dinho ressaltou sua preocupação com o extremismo, afirmando que se considera de centro-esquerda. Ele criticou tanto a direita quanto a esquerda, mencionando elogios de Lula a autocracias como algo difícil de aceitar.

LEIA TAMBÉM

Declarações Equilibradas

Apesar de suas críticas a Bolsonaro, Dinho também ponderou que não se pode chamar metade dos brasileiros que votaram no ex-presidente de fascistas. Ele acredita que muitos são antipetistas e conservadores, mas não necessariamente fascistas.