Seppir: somente políticas públicas podem acabar com invisibilidade do negro e discriminação racial

O secretário nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (Seppir), Juvenal Araújo Júnior, afirmou, nesta terça-feira (06), que a invisibilidade do negro e a discriminação racial no Brasil somente serão vencidas por meio de políticas públicas efetivas e permanentes.

Ao participar do programa “Por Dentro do Governo”, transmitido ao vivo pela TV NBR, o secretário também defendeu a aprovação, pelo Judiciário, de penas mais rigorosas no combate ao racismo. Juvenal Araújo Júnior lamentou que a discriminação racial esteja presente inclusive nas três esferas públicas do País (áudio).

Durante a entrevista, o secretário respondeu a perguntas de radialistas, ouvintes e internautas sobre questões ligadas aos direitos humanos, incluindo a situação dos refugiados venezuelanos em Roraima e a intervenção federal na segurança pública do estado do Rio de Janeiro.

A íntegra do programa pode ser assistida na página do “Por Dentro do Governo” no Facebook. A versão em áudio também está disponível no site da Rede Nacional de Rádio (redenacionalderadio.com.br).